ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

PSA diz que estão a ser apuradas causas do incêndio no terminal de contentores do Porto de Sines

Por a 31 de Outubro, 2020

A PSA, empresa que gere o Terminal de Contentores, do Porto de Sines, disse hoje que estão a ser apuradas as causas da ignição que deu origem a um incêndio num contentor em parque, cerca das 15:25, deste sábado, tendo danificado outros sessenta contentores e obrigando à suspensão das operações.

 

Em comunicado, a empresa adianta que estão “ainda a ser apuradas as causas da ignição” sublinhando que “não houve vítimas a registar, apenas o operador da grua de parque que foi transportado, por precaução, para o Hospital de Litoral Alentejano, devido à inalação de fumos”.

“O contentor em causa estava carregado com um fertilizante, nitrato de cálcio, utilizado como adubo na agricultura. O incêndio alastrou a outros contentores na proximidade, contabilizando-se cerca de 60 contentores danificados”, refere a empresa.

Devido ao violento incêndio foi ativado o Plano de Emergência do Porto de Sines e o respetivo Centro de Coordenação de Operações de Proteção Portuária, com a presença do Capitão do Porto de Sines, do Oficial de Proteção Portuária e do responsável municipal da proteção civil, para coordenação dos meios no local, indicou.

Segundo a PSA, na resposta ao combate ao incêndio estiveram empenhados três veículos de combate a incêndios e 12 operacionais por parte da Autoridade Portuária, oito autotanques, duas ambulâncias, veículos de comando e 24 operacionais dos Bombeiros de Sines, Cercal do Alentejo, Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém, Alvalade, Grândola, Aljustrel e da Polícia Marítima.

“A partir do plano de água, as operações contaram ainda com o apoio de quatro rebocadores da Reboport e dois rebocadores da Portugs que operam no Porto de Sines e que estão devidamente equipados para intervir em situações deste género”, adiantou.

De acordo com os procedimentos de emergência em vigor foram suspensas as operações no Terminal XXI durante o período de combate ao incêndio e, por precaução foi atrasado o início das operações no Terminal de Gás. Neste momento todos os terminais portuários estão operacionais.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt