ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Autárquicas: CDU repete maioria relativa em Santo André e prepara-se para negociações com outros partidos

Por a 29 de Setembro, 2021

A CDU reeditou, no último domingo, mais uma vitória com David Gorgulho na Junta de Freguesia de Santo André, mas não conseguiu alcançar a maioria absoluta, tal como nas eleições autárquicas de há quatro anos.

O autarca foi eleito presidente da Junta de Freguesia de Santo André com 1.578 votos (36,40%), resultado inferior ao alcançado em 2017 (41,37%), menos 253 votos e um mandato. A CDU e David Gorgulho conseguiram assim segurar cinco eleitos na assembleia de freguesia.

Em declarações à rádio M24, ainda na noite eleitoral, o autarca disse que o cenário de maioria relativa não é algo que o preocupe, tendo em conta a governação dos últimos quatro anos.

“Não me preocupa nada porque já temos essa experiência. Se virmos isto pelo lado positivo, obviamente que temos muita coisa para dizer porque nos últimos quatro anos governamos assim e soubemos lidar com a situação, ouvir as propostas dos outros partidos, fazer obras propostas pelos outros partido, soubemos trabalhar com todos eles e demos provas que temos esse espírito democrático”, realçou.

Questionado sobre um possível impasse na formação do executivo, David Gorgulho, diz que seria uma situação “muito má” para a freguesia e para a população, admitindo a necessidade de “negociação com os outros partidos”.

“Sabemos que tem de haver negociações com outros partidos, estamos preparados para isso. Começaremos a dialogar a partir da próxima semana, porque é preciso assentar, consolidar estes resultados e ter a certeza do número de votos para todos e depois saberemos conversar com os outros partidos”, frisou.

Além de recordar que este foi o cenário de há quatro anos, o autarca disse ter a “certeza absoluta que mais assembleia, menos assembleia de freguesia de instalação chegaremos a um acordo” de governação.

Nestas eleições autárquicas, o PS reforçou a votação em relação a 2017 passando de 1.239 votos (27,99%) para 1.313 votos (30,29%), mantendo os quatro mandatos, mas foi a coligação PSD/CDS-PP que aumentou o número de mandatos de dois para três eleitos, com 877 votos (20,23%) sendo a terceira força mais votada. Apesar de ter descido na votação, passou de 469 votos (10,60%) para 358 votos (08,26%), o Bloco de Esquerda, manteve o mandato na assembleia de freguesia de Santo André


error: www.radiom24.pt