ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Santiago do Cacém promove inclusão social da população idosa e pessoas com deficiência

Por a 26 de Março, 2021

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém e a Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano (ADL) vão realizar até 2023 um conjunto de iniciativas destinadas à população idosa e pessoas com deficiência, para promover a inclusão social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social.

De acordo com o município, em comunicado, o desenvolvimento destas ações, no âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social de 4.ª Geração (CLDS4G), que tem como lema “Santiago do Cacém – Ativo Sénior 65+ – Município Com Vida”, representa um investimento conjunto na ordem dos 400 mil euros.

O plano permitiu criar a “Linha Telefónica de Apoio Sénior” que “realiza contactos telefónicos com idosos que vivem em isolamento, no sentido de minimizar a situação de isolamento social e relacional que a situação de pandemia provocou e provoca”.

Em simultâneo, esta ação, que quer chegar a um universo já identificado de 255 idosos, pretende “identificar eventuais situações sociais que necessitem de encaminhamento para outros serviços, nomeadamente, os de saúde”, acrescenta.

Já em curso está igualmente a ação “Prevenção da Violência nos Idosos”, em estreita colaboração com a GNR, que visa, através de contacto telefónico ou presencial, sensibilizar e informar para as questões de abandono, negligência e maus tratos nas pessoas idosas.

De acordo com a autarquia, no âmbito do CLDS 4G inserem-se as atividades propostas pelo projeto “Sénior Ativo”, que desenvolve atividades como caminhadas, passeios ao património cultural e natural de Portugal, festas tradicionais, acesso às Bibliotecas Municipais, teatro, cinema e a museus nacionais, aulas de ginástica adaptada às freguesias, aulas de hidroginástica adaptadas nas Piscinas Municipais, e atividades desportivas, culturais e de convívio abertas a idosos de municípios vizinhos, no Dia Internacional do Idoso.

“A parceria propõe a realização do Fórum – Envelhecimento e Políticas Locais, em 2023, para discutir e trocar experiências sobre as questões do envelhecimento”, cooperação intergeracional, ações socioculturais que envolvam pessoas idosas, crianças, jovens e adultos em projetos artísticos e comunitários.

A criação de “Clubes de Memória” para preservar histórias de vida e saberes com a realização de jogos e exercícios que trabalhem as capacidades da memória e a iniciativa “Informa Sénior”, com o objetivo de informar sobre os direitos e divulgar apoios aos idosos através de sessões de esclarecimento e programas de rádio, são outras das propostas que integram o plano.

Está ainda prevista a ação de apoio aos cuidadores/as informais “Cuida Santiago”, com ferramentas para prestarem um cuidado mais assertivo, bem como esclarecimentos ao nível dos apoios sociais e legais. Preconiza-se, ainda a criação de uma bolsa de voluntários que prestem apoio aos cuidadores/as informais.


error: www.radiom24.pt