ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Destilaria Black Pig converte álcool de produção de gin em desinfetante para doar ao Hospital do Litoral Alentejano

Por a 21 de Março, 2020

A Destilaria Black Pig, em Santiago do Cacém, anunciou que vai converter o álcool de produção do gin e do rum em álcool desinfetante e doar ao Hospital do Litoral Alentejano (HLA), para fazer face à pandemia da COVID-19.

Numa publicação, nas redes sociais, a empresa diz que, perante as noticias da escassez de álcool e do elevado preço que as marcas estão a praticar “para fazerem negócio”, a ambição da destilaria passa por “ajudar a população local, para que não faltem meios” e “a salvar vidas”.

“Após tomarmos conhecimento que o HLA também já está a racionar o álcool e sendo nós produtores de álcool questionámos o hospital, para saber quais as reais necessidades que tinham, e a alfândega para saber a forma como podemos fazer a doação. Suportamos os custos de toda a matéria- prima porque a nossa intenção é ajudar a população”, explicou à rádio M24 Miguel Nunes, proprietário da destilaria.

Após receber o aval das duas entidades, os responsáveis, arregaçaram mangas e começaram a produzir, não o premiado gin, o medronho ou o famoso rum Black Pig, mas uma fórmula que possa ser utilizada para fins medicinais, à qual se juntam novos botânicos, como “o reconhecimento pela população, a solidariedade e a generosidade”.

“Questionámos o hospital sobre o volume de álcool que consome e perante a informação dada, adaptámos os nossos processos produtivos e estamos a redistilar um álcool alimentar num álcool medicinal, de propósito para o HLA, a 70 por cento de volume, para assim dotar o hospital de melhores capacidades”, adiantou.

Até à próxima terça-feira, o empresário, prevê “produzir 100 litros de álcool” que serão entregues no Hospital do Litoral Alentejano, e aumentar a produção, caso seja necessário, uma vez que, devido à pandemia do coronavírus, a destilaria também adotou medidas de contingência e parou a laboração.

Além da produção de álcool desinfetante, o empresário, decidiu alargar o apoio às famílias carenciadas do concelho com uma campanha de sustentabilidade alimentar que será lançada no fim da próxima semana.

“Para as famílias mais carenciadas vamos oferecer cerca de 30 leitões, porque somos criadores de porco alentejano. Queremos doar um casal de leitões por cada família carenciada do concelho de Santiago do Cacém, segundo critérios que ainda vamos definir com algumas entidades locais”, concluiu.

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt