ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Bloco de Esquerda defende construção de edifício público para o Mercado de Ermidas-Sado

Por a 9 de Julho, 2019

O Bloco de Esquerda de Santiago do Cacém não concorda com a deslocalização do atual mercado de Ermidas-Sado e por isso defende, em comunicado, a criação de um projeto para a construção de um edifício público de raiz.

No documento, os dirigentes do Bloco de Esquerda sublinham a degradação do edifício do mercado, propriedade privada, e a impossibilidade de serem executadas obras estruturais naquele imóvel para reiterar a necessidade de melhorar as condições dos comerciantes e dos utentes daquele espaço.

A situação, segundo dizem, levou a Junta de Freguesia de Ermidas-Sado a optar pela deslocalização para outro edifício privado, mediante pagamento de uma renda de aluguer, mantendo desta forma o mesmo problema.

Para o Bloco de Esquerda o problema persistia, continuaria a Junta de Freguesia de Ermidas-Sado a pagar uma renda de aluguer e a estar indissociavelmente dependente de um proprietário”, alertam os bloquistas que defendem a criação de um projeto para construir um edifício de raiz ou a aquisição e reconversão de um edifício devoluto.

Um edifício público capaz de servir a população, que dê as condições a quem vende, que seja capaz de valorizar o comércio e a produção local”, reitera o Bloco de Esquerda que apela à Junta de Freguesia de Ermidas-Sado para voltar atrás na intenção de procurar um novo local privado para proceder à deslocalização do atual mercado.

No comunicado, o BE defende que seja a Câmara Municipal de Santiago do Cacém a iniciar “com caráter de urgência todas as diligências para a criação de um projeto para a construção de um edifício de raiz”.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt