ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Autárquicas: Bruno Candeias é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Santiago do Cacém

Por a 14 de Junho, 2021

O técnico de operações industriais, Bruno Candeias, vai ser o candidato do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara Municipal de Santiago do Cacém nas próximas eleições autárquicas, foi hoje anunciado.
O cabeça-de-lista, de 34 anos, reside no concelho de Santiago do Cacém “onde cresceu e estudou” e desempenha atualmente funções de técnico de operações industriais no complexo industrial de Sines. Desempenhou funções executivas na Junta de freguesia de Ermidas-Sado, entre 2009 e 2013, como tesoureiro e responsável pelas áreas do desporto, cultura e juventude.
Além de membro da concelhia de Santiago do Cacém e dirigente distrital e nacional do Bloco de Esquerda, o candidato tem estado ligado ao movimento associativo local e ambiental, tendo assumido recentemente funções como dirigente no Sindicato das Indústrias, Energia e Águas de Portugal.

Em comunicado, a concelhia de Santiago do Cacém do Bloco de Esquerda, revelou que a candidatura “ecossocialista” visa “lutar pela melhoria das condições de vida das populações”, recusando “todas as formas de austeridade”.

O BE pretende “construir uma alternativa à esquerda” e nas próximas eleições autárquicas apresenta-se com o lema “Por uma resposta Social e Ecológica”.

Ampliar a “influência nos órgãos” autárquicos, elegendo pela primeira vez um vereador é um dos objetivos da candidatura.
“Num concelho governado há 45 anos pela mesma força política, a CDU, são evidentes os sinais de desgaste, o conservadorismo em matérias ambientais e urbanísticas, a fraca sensibilidade social, a desvalorização da democracia local, a arrogância e a prepotência, o favorecimento de toda a sorte de interesses instalados”, adianta.

No comunicado, o BE refere ainda que pretende continuar “a ser uma força de oposição ativa nas propostas, como na denúncia e na crítica tanto das políticas municipais como do governo central, diante políticas anti-populares da direita e a inconsequência e submissão do PS”.

No concelho de Santiago do Cacém foi também divulgada a candidatura de Luís Santos, pela coligação PSD/CDS-PP, Artur Ceia, pelo PS, e a recandidatura de Álvaro Beijinha pela CDU.

O executivo municipal é constituído por quatro elementos da CDU, dois do PS e um da coligação PSD/CDS-PP.

As eleições autárquicas ainda não têm data marcada, mas, segundo a lei, realizam-se entre setembro e outubro.


error: www.radiom24.pt