ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Aprovada candidatura do programa “Santiago do Cacém Digital Mais” – autarquia

Por a 20 de Fevereiro, 2020

A candidatura do programa “Santiago do Cacém Digital Mais”, aos fundos comunitários, foi aprovada com um volume de investimento elegível de 425 mil euros, divulgou hoje a Câmara Municipal de Santiago do Cacém.  

De acordo com o município, o conjunto de projetos incluídos na candidatura visa “melhorar a relação entre a autarquia e os munícipes, através de uma forte aposta na transformação digital dos serviços municipais e do reforço da capacidade e da eficiência administrativa municipal, assim como da acessibilidade dos cidadãos à administração local”.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, a candidatura dá seguimento “a  uma estratégia que a autarquia delineou para a modernização dos serviços, com o objetivo principal de darmos, cada vez mais, respostas céleres e eficientes aos munícipes”.

Desta forma, adianta, “o conjunto de projetos que a candidatura engloba, e que se cruzam entre si, vão seguramente, com a sua implementação, permitir uma interligação muito mais eficaz com os munícipes”.

O autarca dá como exemplo o processo, “já em curso”, de criação da bilheteira eletrónica do Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém.

“Atualmente as pessoas têm de se dirigir a este equipamento municipal para adquirir o seu bilhete ou fazer reserva e depois, com meia hora de antecedência do início da sessão de cinema, fazer o seu levantamento, o que cria constrangimentos principalmente para quem mora fora de Santiago do Cacém”, afirmou.

Com a introdução do novo sistema “os bilhetes são adquiridos online, sem qualquer custo adicional, porque a Câmara Municipal vai assumir as taxas cobradas pela empresa que gere o sistema. Porque não faria qualquer sentido, as pessoas serem penalizadas por comprarem os bilhetes via eletrónica, e esta é a nossa forma de estarmos e do nosso projeto político de combate às assimetrias”, sublinhou Álvaro Beijinha.

A criação do Balcão Único Municipal é outro dos projetos, no âmbito da candidatura “Santiago do Cacém Digital Mais” mas, também, na área da educação será adquirido software de gestão para as refeições e transportes escolares, adianta o município.

O desenvolvimento de um Sistema de Informação Geográfica Municipal, “importantíssimo para a nossa gestão interna e interação com os munícipes, está também contemplado na presente candidatura”, sublinha o autarca acrescentando que “ mesmo que não tivéssemos obtido financiamento, estes projetos de modernização dos serviços definidos no programa “Santiago do Cacém Digital Mais” iriam avançar da mesma forma”.

Com a aprovação da candidatura “conseguimos financiamento Comunitário, que embora fique abaixo do que
necessitávamos não deixa de ser importante”, reforçou.

“A candidatura insere-se numa trajetória de modernização e de qualificação da prestação dos serviços municipais, que tem vindo a ser promovida na última década e meia. Desde 2003 registaram-se alterações estruturais relevantes na organização e no funcionamento internos dos serviços municipais e na sua relação com os cidadãos, empresas, entidades da administração pública e com outras instituições locais, com particular relevância no processo de evolução administrativa ocorrida no município de Santiago do Cacém”.

As linhas que definem os objetivos estratégicos da candidatura “preconizam atingir a digitalização global dos serviços garantindo a melhor resposta ao nível do atendimento municipal, apostando para isso no atendimento generalizado em linha, multicanal e na interoperabilidade com os parceiros externos. Esta resposta passa, ainda, pela qualificação dos recursos humanos e a avaliação e monitorização da qualidade de serviços”, acrescenta a autarquia.

“Com esta mudança pretende-se transformar a autarquia de Santiago do Cacém numa organização mais digital, mais acessível e eficiente para os cidadãos, as empresas e as instituições, onde quer que se localizem, traduzindo-se num melhor Governo Local.

O Balcão Único Municipal, a bilheteira eletrónica no auditório Municipal António Chainho, o pagamento e marcação de aulas nas Piscinas Municipais através de via eletrónica são algumas das iniciativas delineadas no âmbito deste programa, concluiu.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt