ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

União de Sindicatos assinala Dia do Trabalhador com ação de rua em Sines

Por a 30 de Abril, 2020

O Dia do Trabalhador, 01 de maio, vai ser assinalado este ano de uma forma diferente, pela União de Sindicatos de Sines e Santiago do Cacém, sem concentrações mas com uma ação de rua, a partir das 10:00, no Jardim das Descobertas, em Sines.

“Vamos estar em Sines, no Jardim das Descobertas, a partir das 10:00, cumprindo todas as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS, cumprindo o distanciamento exigido e em articulaçao com as forças de segurança, com as nossas reivindicações de todos setores em atividade que vão permitir avançar com a economia do país”, explicou à rádio M24 o líder da União de Sindicatos, Ricardo Balona.

A União de Sindicatos de Sines e Santiago do Cacém, afeta à CGTP, vai aproveitar o dia “para fazer uma grande saudação aos profissionais que estão na linha da frente” e que “continuam a desenvolver a sua atividade”, aos “reformados e pensionistas” e a todos os “trabalhadores que estão a ser confrontados” com a atual pandemia de covid-19.

“Vamos estar na rua em solidariedade com os trabalhadores que estão no trabalho, em teletrabalho, em lay-off ou no desemprego em defesa dos direitos dos trabalhadores, perante esta brutal ofensiva que enfrentam”, afirmou o dirigente da União de Sindicatos cuja luta, este ano, incide no lay-off e no desemprego na região.

“Estamos a fazer esse levantamento na região e vamos divulgando à medida que vamos tendo conhecimento mas o que de facto exigimos é que se garanta a retribuição por inteiro, acabando com o corte de 1/3 dos salários para os trabalhadores que estão no regime de lay-off simplificado”, defendeu.

Para o dirigente, o aumento do desemprego na região vai trazer consequências a curto e longo prazo para a economia local.

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt