ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Tribunal aplica termo de identidade e residência a homem detido por suspeita de coação sexual a menor em Grândola

Por a 22 de Janeiro, 2021

O Tribunal Judicial de Grândola aplicou o termo de identidade e residência e proibiu o homem detido na quinta-feira por suspeita de coação sexual, perseguição, importunação sexual, devassa da vida privada e gravações de fotografias ilícitas de uma menor, de 16 anos, em Grândola, de contactar com a vítima.

O homem, de 26 anos, foi detido por militares do Posto Territorial de Grândola, por suspeitas de coação e importunação sexual e perseguição, devassa da vida privada e gravações de fotografias ilícitas de uma menor.

Na sequência de uma denúncia, os militares da Guarda apuraram que a vítima estava a ser “perseguida e coagida sexualmente pelo agressor”, adianta a GNR.

“A célere investigação permitiu deter o suspeito em flagrante, quando este marcou um encontro com a jovem, que foi ameaçada com a divulgação de fotos e vídeos com conteúdo de nudez e cariz sexual nas redes sociais, caso se recusasse a encontrar com ele”, explica aquela força de segurança.

No decorrer das diligências policiais foi ainda apreendido o telemóvel do suspeito.

No comunicado, a GNR relembra que, “ao partilhar imagens ou vídeos íntimos de cariz sexual através das redes sociais ou aplicações, estes podem vir a ser utilizados para extorquir dinheiro em troca da sua não divulgação”.

 

 

 

 


error: www.radiom24.pt