ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Três pessoas detidas por furto de pinhas em Alcácer do Sal

Por a 30 de Novembro, 2021

Três pessoas foram detidas, no domingo, pela GNR pelo furto de 35 quilos de pinhas em Alcácer do Sal, anunciou hoje aquela força de segurança.

Em comunicado, o Comando Territorial de Setúbal, revelou que os três homens, com idades entre os 20 e os 27 anos, foram detetados pelos militares da GNR a apanhar pinhas mansas num terreno privado, levando à sua detenção.

Da ação resultou ainda a elaboração de um auto de contraordenação por colheita fora do período legal e a apreensão das referidas pinhas de pinheiro-manso.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Grândola.

Segundo a GNR, o pinheiro-manso (Pinus pinea) é uma espécie florestal com um crescente interesse económico, cuja importância do comércio externo de pinha e de pinhão tem contribuído para a promoção de importantes dinâmicas económicas à escala regional, uma vez que o pinhão produzido em Portugal é de todos o mais valorizado pelas suas características nutricionais.

No entanto, a colheita de pinhas de pinheiro-manso é proibida entre 01 de abril e 01 de dezembro e, ainda que esteja caída no chão, a sua apanha está interditada por se encontrar em época de defeso, salvaguardando assim o crescimento e desenvolvimento da pinha e do pinhão e evitando a colheita da semente com deficiente faculdade germinativa e mal amadurecida.


error: www.radiom24.pt