ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Santiago do Cacém assinala 25 de Abril com iniciativas presenciais e em formato digital

Por a 20 de Abril, 2021

As comemorações do 25 de Abril arrancam em Santiago do Cacém na próxima sexta-feira e vão decorrer até ao início do mês de maio, com iniciativas presenciais e outras em formato digital, devido à pandemia de covid-19.

O programa dos 47 anos do 25 de Abril começa, na sexta-feira com a leitura coletiva do livro “E Se Eu Fosse Um Livro” de José Jorge Letria com ilustração de André Letria, no âmbito do Dia Mundial do Livro e do 25 de Abril. Para assinalar esta efeméride, as Bibliotecas Municipais, desafiaram vários elementos da comunidade a protagonizar a leitura da obra, numa iniciativa que vai ser transmitida online nas plataformas do município.

No mesmo dia, às 18:00, é inaugurada a exposição comemorativa do centenário do PCP intitulada “O Futuro tem Partido” seguida da apresentação do livro sobre o centenário do Partido Comunista Português, no auditório Municipal António Chainho.

No dia 24, vai ser transmitido nas redes sociais e no site do município, a partir das 12:00, a iniciativa “Presidentes de Câmara Municipal em Tempos de Democracia – Santiago do Cacém 1974/2021” para dar a conhecer os presidentes que lideraram os destinos da autarquia, numa breve viagem pela sua história de vida e pelo seu contributo para o desenvolvimento do município de Santiago do Cacém.

Segue-se, às 21:30, o espetáculo comemorativo do 25 de Abril com a transmissão online do concerto do Duo JazzAcord composto por Rui Matos e Mariana Guerreiro, Somos do Alentejo e Linhas Cruzadas.

No dia da Liberdade, o programa, arranca com a cerimónia do Hastear da Bandeira, às 10:00, com a participação da Banda da Sociedade Recreativa Filarmónica União Artística e da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Santiago do Cacém, no Jardim Municipal.

Às 10:30, a Escola Municipal de Música convida os interessados a participar num atelier de construção de instrumentos musicais de percussão, com objetos da natureza, através da plataforma Zoom. As inscrições estão abertas através do mail escola@cm-santiagocacem.pt

A sessão solene da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém evocativa da Revolução dos Cravos está marcada para as 11:30 de dia 25, e vai ter lugar presencialmente, no auditório Municipal António Chainho, cuja lotação estará condicionada pelas normas de segurança devido à pandemia de covid-19.

Está ainda prevista a iniciativa “Eu, o portão de Caxias”, às 12:00, com a leitura do livro  “7×25 – Histórias da Liberdade” de Margarida Fonseca Santos, por Margarida Peredo, nas redes sociais e site do município.

À mesma hora o Museu do Trabalho Rural realiza a iniciativa “À Volta da Panela”, lançando o desafio de confecionar uma refeição tendo o trigo, o milho ou o arroz como um dos ingredientes. O resultado final pode ser enviado, em formato vídeo, para o mail museudotrabalhorural.abela@gmail.com

O Auditório Municipal António Chainho e a Fundação José Saramago sugerem, a partir das 17:00, a visualização online da curta-metragem de animação baseada no livro “A Maior Flor do Mundo”, de José Saramago, com locução do escritor.

O Museu Municipal de Santiago do Cacém propõe um ateliê sobre liberdade do, ao longo do dia, o município sugere a realização de caminhadas e de exercício físico que podem ser registadas em fotos ou vídeos e enviadas para os serviços desportivos da autarquia.

O programa prossegue no dia 30 de abril com a peça de teatro “Quarteto da Alba 2.0”, pela companhia Lendias de Encantar, inserido na programa do FITA 2021. O espetáculo, previsto para o auditório António Chainho, tem início às 20:00, mediante reserva de bilhete (entrada gratuita) e com lotação condicionada.

No dia 01 de maio, Dia do Trabalhador, estreia a nova rubrica do Arquivo Municipal “Clichés com História” que destaca uma fotografia com o objetivo de assinalar uma data comemorativa ou efeméride.


error: www.radiom24.pt