ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Ruas da cidade de Santiago do Cacém recebem exposição de patchwork visual

Por a 28 de Julho, 2020

A cidade de Santiago do Cacém recebe a exposição O OLHAR (FOTOGRAFIA) E O FAZER (MANIPULAR), que está patente nos espaços públicos, propondo uma experiência visual e sensorial que remete para o universo têxtil.

O projeto nasceu do convite efetuado pelo Município de Santiago do Cacém à Escola Superior de Educação de Lisboa, inserido na preparação do evento Santiago Style Weekend de 2020, mas que, não foi possível concretizar devido à pandemia por COVID-19. No entanto, foi decidido manter a realização da exposição no âmbito da campanha de promoção do comércio tradicional.

Os trabalhos apresentados resultam de um desafio lançado aos estudantes das licenciaturas em Artes Visuais e Tecnologias, Mediação Artística e Cultural e Música na Comunidade que frequentaram a disciplina de Arte Têxtil, na Escola Superior de Educação de Lisboa, no ano letivo 2019/2020.

Este desafio consistiu na criação de um patchwork visual composto por imagens fotográficas que evocassem, direta ou indiretamente, conceitos têxteis tais como: texturas, padrões, entrelaçar, torcer, enrugar, franzir, plissar, costurar, alinhavar, construir, acumular, bordar, fiar, tecer, vincar… Relacionando o “pensamento têxtil” com outras áreas, como a da fotografia.

Os trabalhos apresentados na exposição O OLHAR (FOTOGRAFIA) E O FAZER (MANIPULAR) têm como professora coordenadora Teresa Matos. Contando com a participação de: Alcinda Moreira, André Martins, Beatriz Santos, Carla Entrudo, Cristiana Silva, Filipa Curado, Gonçalo Brás, Inês Xavier, Leonor Nunes, Madalena Francisco, Priyal Vassaramo.

As imagens que compõem este patchwork visual, um total de 50 painéis, podem ser apreciadas na Rotunda do Lg. 25 de Abril, na Rotunda do Lg. Prof. António Vilhena (Lg. do Barroso), na Rua Prof. Egas Moniz e no Edifício do Mercado Municipal de Santiago do Cacém.

 A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém que tem como parceiros a União de Freguesias de Santiago do Cacém, Santa Cruz e S. Bartolomeu da Serra, o Instituto Politécnico de Lisboa – Escola Superior Educação de Lisboa e a Associação do Comércio Indústria e Serviços de Turismo do Distrito de Setúbal.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt