ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Sines

Por a 27 de Dezembro, 2019

Um homem de 32 anos detido na quinta-feira em Sines por violência doméstica foi proibido pelo tribunal de se aproximar da vitima e sujeito a controlo por pulseira eletrónica, informou hoje a GNR.

Em comunicado, o Comando Territorial de Setúbal da Guarda Nacional Republicana, adianta que o homem foi detido ontem na sequência de uma denúncia que levou os militares do posto territorial de Sines à residência da ex-companheira, de 43 anos, encontrando-a no exterior da habitação e o agressor ainda no interior.

“A vítima terá sofrido múltiplas agressões, algumas com recurso a uma corda, durante cerca de cinco horas no interior da sua residência, ficando esta com inúmeras marcas no rosto e no restante corpo”, explica.

Ainda segundo a GNR, a mulher, que foi transportada para o Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, para receber tratamento médico “foi coagida psicologicamente e impedida de pedir auxílio ou de fugir do agressor”.

Presente ao Tribunal Judicial de Santiago do Cacém, o detido ficou sujeito à medida de coação de proibição de aproximação da vítima controlada através de pulseira eletrónica.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt