ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Preço médio do peixe vendido nas lotas da Docapesca aumentou em 2018

Por a 22 de Março, 2019

O preço médio do peixe vendido nas 22 lotas e 37 postos da Docapesca registou um aumento de 0,9 por cento em 2018 relativamente ao apurado no ano anterior, passando de 2,04€/kg para 2,06€/kg, o valor mais elevado desde que existem registos estatísticos sistematizados.

De acordo com os registos apurados pela Docapesca, a quantidade de pescado transacionado em lota a nível nacional foi de 99,9 milhões de toneladas (+4,2% face a 2017), tendo o respetivo valor atingido os 205,5 milhões de euros (+5,1%).

A lota de Peniche foi responsável por um valor de vendas de 34 M€, seguindo-se Matosinhos (26,9 M€), Sesimbra (24,9 M€), Aveiro (16,9 M€) e Vila Real de Santo António (13 M€).

As cinco principais lotas em quantidade de pescado transacionado foram as de Sesimbra (21.313 toneladas), Matosinhos (19.476), Peniche (11.894), Aveiro (8.778) e Sines (5.256).

De entre as espécies com maior valor de vendas, as que mais contribuíram para o aumento global a nível nacional, foram o polvo e a cavala, sendo apenas estas responsáveis por um aumento de 10 milhões de euros de vendas.

Constata-se ainda que 149 espécies registaram quebras no valor das vendas (menos 12,9 milhões de euros). Em contrapartida, houve 146 espécies com aumentos de vendas (mais 23 milhões de euros), o que proporcionou o diferencial positivo de 10 milhões de euros registado em 2017.

No que respeita ao preço médio, três das cinco principais espécies a nível nacional registaram aumentos, com destaque para o polvo (+7,6%), a sardinha (+34,8%) e o carapau (+30,1%).


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt