ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Portugal unido em dia de luto nacional contra a violência doméstica

Por a 7 de Março, 2019

Portugal mobiliza-se esta quinta-feira contra a violência doméstica, cumprindo um dia de luto nacional em memória das vítimas. Em Santiago do Cacém, o município colocou a bandeira a meia haste no edifício-sede.

A medida, determinada pelo Governo, antecede as celebrações do Dia Internacional da Mulher (08 de março), para o qual estão previstas manifestações e outras iniciativas em todo o país.

Além das mulheres – que representam a grande maioria das vítimas, são inúmeras as situações de risco que envolvem filhos menores.

O Presidente da República (PR), Marcelo Rebelo de Sousa, pediu a mobilização da sociedade, no combate a um fenómeno que salta a cada dia para as páginas dos jornais e no qual a intervenção das autoridades e instituições é muitas vezes tardia.

Hoje, reúne-se pela primeira vez, com a presença do primeiro-ministro, António Costa, a equipa técnica que vai apresentar, dentro de três meses, propostas concretas em matéria de violência doméstica.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém associa-se ao Dia de Luto Nacional em memória das vítimas de violência doméstica, hasteando a bandeira a meia haste, no edifício-sede do município.

O Governo decretou luto nacional no dia 7 de março de 2019 considerando que o número de mulheres mortas em casos de violência doméstica constitui uma realidade social intolerável e inadmissível” refere a autarquia numa comunicação nas redes sociais.

Neste combate, refere o município, “é fundamental contrariar a banalização e a indiferença, homenageando e prestando um tributo às vítimas e às suas famílias e assegurando a consciencialização desta tragédia”.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt