ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Porto de Sines regista crescimento de 13% na carga contentorizada em 2020

Por a 21 de Janeiro, 2021

O Porto de Sines registou em 2020 um aumento da carga contentorizada de 13% face ao ano anterior, sendo “o terceiro melhor resultado de sempre” neste segmento em ano de pandemia, destacou a administração portuária.

“Este foi o terceiro melhor resultado de sempre em termos de movimentação de contentores, com a particularidade de ter sido alcançado num contexto pandémico em que as projeções mundiais apontam para um decréscimo neste segmento”, avançou a Administração do Porto de Sines (APS) em comunicado.

Na carga contentorizada, o porto alentejano registou igualmente um “aumento do volume relacionado com o ‘hinterland’ (área geográfica de influência do porto) que representa já mais de 442 mil TEU (contentores de 20 pés), demonstrando a crescente importância de Sines nos fluxos de importação e exportação das empresas”.

No que respeita ao segmento dos granéis líquidos houve “um ligeiro crescimento de 1% em relação a 2019, para um total de 21,5 milhões de toneladas”, indicou a administração portuária.

“Neste segmento, assumem especial relevância a receção de mais de 8,3 milhões de toneladas de crude para abastecimento da refinaria de Sines, a movimentação de 7,3 milhões de toneladas de refinados (gasolinas, gasóleos e similares), a maioria para exportação, e a receção de mais de quatro milhões de toneladas de Gás Natural Liquefeito (GNL), que representam mais de 90% das necessidades do país em gás natural”, explica.

Nos granéis sólidos, o Porto de Sines, “apresentou um resultado negativo, com uma quebra de 80% da movimentação”, como reflexo do anúncio do encerramento das centrais termoelétricas a carvão.

“A quebra na movimentação deste mineral insere-se no âmbito do plano de descarbonização da economia que tem tido impacto na movimentação do Porto de Sines nos últimos anos e que, em 2020, representou menos 2,5 milhões de toneladas movimentadas”, adiantou.

De acordo com a administração portuária, a soma dos três segmentos de carga permitiu encerrar o ano “com uma movimentação total de 42,2 milhões de toneladas em todos os terminais portuários, refletindo um crescimento de 1% face ao ano transato”.

O Porto de Sines apresentou em 2020 o novo plano estratégico, orientado para “o reforço da centralidade e da conectividade, assente num modelo de gestão de rede ou de coordenação do sistema, e um compromisso firme com a sustentabilidade ambiental e social” com o objetivo de preparar “o porto para um futuro cada vez mais moderno, inovador, digital e eficiente”.

Para a APS, os resultados positivos, na movimentação total e na carga contentorizada, “demonstram a capacidade e resiliência de todos os que trabalham nesta infraestrutura portuária e que garantem uma resposta adequada às necessidades das empresas localizadas do ‘hinterland’, tanto em Portugal como em Espanha”, concluiu.


error: www.radiom24.pt