ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Pé diabético “rastreado e tratado” no concelho de Alcácer do Sal

Por a 21 de Fevereiro, 2020

Um total de 77 pessoas do concelho de Alcácer do Sal foram rastreados em 2019 no âmbito do programa “Pé Diabético”, divulgou a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP).

De acordo com aquela entidade, do total de pessoas rastreadas, 39 pertenciam ao grupo de “risco alto”, 29 apresentavam “risco médio” e 09 “risco baixo”.

No ano passado, foram realizados 201 atendimentos e 186 tratamentos, desde quiropodia, ortoses, onicriptose e tratamento de feridas, adiantou a associação que fez um balanço do programa que decorreu entre março de 2019 e fevereiro de 2020 no concelho de Alcácer do Sal.

“Na educação terapêutica, o projeto concretizou 11 ações de formação, que contaram com a participação de 75 auxiliares/ ajudantes de família”, avançou a APDP que fez “um balanço positivo” da ação.

As sessões, que foram realizadas em cinco instituições (valências de lar, centro de dia e serviço de domicílio) por enfermeiros da APDP com o apoio da Câmara de Alcácer do Sal, visam melhorar a qualidade de vida da população que sofre de diabetes.

O programa, financiado pela Direção-Geral de Saúde (DGS), incluiu uma ação de proximidade, no controlo do pé diabético, de modo a promover a diminuição de feridas e eventuais amputações e, em simultâneo, formar cuidadores formais e informais nesta matéria.

Tendo em conta o sucesso da iniciativa, os representantes das entidades envolvidas expressaram vontade em dar continuidade ao programa.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt