ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Obra de requalificação do centro histórico de Alvalade arranca em janeiro de 2020

Por a 26 de Outubro, 2019

A Câmara de Santiago do Cacém adjudicou recentemente a obra de requalificação do centro histórico de Alvalade, num investimento de 793 mil euros.

De acordo com o município, a intervenção, que tem como objetivo “requalificar toda a zona mais antiga da vila de Alvalade, com uma história e património muito relevantes”, contempla a emblemática Praça D. Manuel I, as ruas 31 de Maio de 1834, Duque da Terceira, S. Pedro e 25 de Abril e o Largo 25 de Abril.

“Além das questões estéticas e de mobilidade, vamos remodelar toda a rede de águas, porque algumas daquelas ruas não têm pluviais”, frisou o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha .

A operação visa “humanizar os espaços dando prioridade à circulação de peões, a colocação de mobiliário urbano, a criação de zonas de esplanada na Praça D. Manuel I, a reestruturação do estacionamento e circulação automóvel, a plantação de árvores, bem como a execução de águas pluviais, pavimentação e a colocação de sinalização rodoviária.

Ainda segundo o município, em comunicado, a empreitada só vai avançar em janeiro do próximo ano “para não comprometer o comércio na época de Natal”.

“A obra poderia ter início em dezembro, porque nessa altura já todos os procedimentos legais estão tratados, mas como vamos intervir numa zona que tem comércio e sabemos que o período de Natal é importante para os negócios, tomámos esta decisão. Por essa razão combinámos com a empresa que fosse feita a montagem do estaleiro, a compra de material e a preparação da obra durante o mês de dezembro”, explicou o autarca.

Esta intervenção está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) para o concelho de Santiago do Cacém no âmbito do Alentejo 2020, Portugal 2020,  com comparticipação dos fundos da União Europeia através do FEDER.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt