ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Município de Santiago do Cacem dá nome do Padre Manuel Malvar ao largo na Aldeia de Santo André

Por a 10 de Dezembro, 2019

A Câmara de Santiago do Cacém prestou homenagem ao Padre Manuel Malvar com a atribuição do seu nome ao Largo da Aldeia de Santo André, numa cerimónia que  visou reconhecer a obra social e do trabalho humanitário desenvolvido pelo pároco, durante mais de 30 anos, nas Paróquias de Santa Maria e Santo André.

Durante a homenagem, o Presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, sublinhou que, desde o primeiro contacto com o Padre Manuel Malvar “percebi que era um homem especial, a sua generosidade e bondade transpareciam nas palavras”.

“Esta singela homenagem, de atribuir o nome do Padre Manuel Malvar ao Largo da Aldeia de Santo André, é uma forma de perpetuar, às gerações futuras, o seu nome e a sua mensagem positiva de transformarmos a nossa sociedade e o ser humano para que sejam cada vez melhores”, afirmou o autarca.

Na ocasião, o presidente da Junta de Freguesia de Santo André, David Gorgulho, frisou a “figura congregadora” que era o Padre Manuel Malvar.

“Nunca serão demais as homenagens a um dos homens mais importantes da criação de Vila Nova de Santo André, mas fundamentalmente pelos valores que nos transmitiu e pela sua obra social. Uma pessoa de facto especial que nos ensinou a sermos melhores”, realçou.

Presente na cerimónia, o Bispo de Beja, D. João Marcos, referiu que “a grandeza dos homens está nas suas obras, e que o exemplo do Padre Manuel Malvar nos deve ajudar a servir com todo o coração e alma”.

O pároco Abílio Raposo, das Paróquias de Santa Maria e Santo André, salientou o “homem extraordinário de uma simplicidade e proximidade muito grande, que falava sempre do seu Santo André com grande carinho e garra”.

A família do Padre Malvar, através de mensagem, agradeceu à Câmara de Santiago do Cacém “pela maneira digna como preparou e executou esta homenagem”, dirigiu, também, o seu agradecimento aos paroquianos de Santo André, não deixando de frisar a vida dedicada ao serviço desta paróquia.

Marcaram também presença na cerimónia a Presidente da Assembleia Municipal, Paula Lopes, os vereadores da Câmara Municipal, bem como representantes da Ordem Jesuíta.

A população de Santo André juntou-se a esta homenagem, assim como o Agrupamento de Escuteiros de Santo André e a banda da Sociedade Recreativa Filarmónica União Artística de Santiago do Cacém.

O percurso do Padre Manuel Malvar está fortemente ligado à comunidade de Santo André com o envolvimento e desenvolvimento de vários projetos de cariz social e humanitário.

Foi fundador e dinamizador do Jornal “O Leme”, da Casa de Jovens “O Farol”, Presidente do Centro Social Paroquial de Santa Maria, dinamizador e cofundador do Estrela de Santo André, Cáritas de Santo André, do Agrupamento 995 Corpo Nacional de Escutas da Aldeia de Santo André, Centro de Convívio “Sol Nascente”, membro da direção do ATL “O Esquilo” e do Centro Comunitário “O Moinho”.

Deu aulas de alfabetização aos imigrantes cabo-verdianos, que construíram as primeiras habitações em Vila Nova de Santo André e aos imigrantes dos países de Leste residentes em Santo André.

Esta homenagem inseriu-se nas comemorações dos 25 anos da criação da Paróquia de Santa Maria.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt