ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Moinho Municipal da Quintinha renovado após trabalhos de pintura

Por a 9 de Novembro, 2020

O Moinho Municipal da Quintinha, em Santiago do Cacém, está de cara lavada após trabalhos de pintura, numa intervenção levada a cabo pela Câmara Municipal com o objetivo de “preservar um edifício que faz parte da memória coletiva”.

Este é um dos 70 moinhos identificados no concelho, sendo que 50 são de vento e 20 de água (não estão em funcionamento), caracterizados por cinco tipologias diferentes.

“A autarquia tem realizado ao longo dos anos obras de revitalização daquele espaço, as mais profundas aconteceram em 2016. Na altura foram substituídas as oito varas e os antigos cabos de aço por cordas novas, bem como as rodas de azinho que permitem a rotação do capelo, tendo sido efetuada a correção pontual do roço (anel de pedra onde roda o capelo), as madeiras do piso da sala de moagem e construída uma nova escada de lanço único em madeira (para ligar os três pisos do moinho) e um varandim em madeira, uma intervenção orçada em 32 mil euros”.

O Moinho Municipal da Quintinha localiza-se nas Cumeadas e encontra-se integrado na cintura moageira pré-industrial de Santiago do Cacém. Com construção anterior a 1813, foi registado em novembro de 1871. O moinho trabalhou até 1966, na produção de farinhas para panificação, sobretudo trigo e descasque de arroz, sendo moleiro José Pereira dos Reis.

Desde 1982 que a autarquia mantém o moinho em funcionamento moendo milho e trigo, que alguns habitantes das zonas rurais, por tradição, ali levavam. Nos últimos anos, este sistema de moagem tradicional tem-se destinado essencialmente a demonstrações lúdico-pedagógicas.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt