ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Limite de enxofre dos combustíveis marítimos vai baixar de 3,5% para 0,5% – DGRM

Por a 2 de Fevereiro, 2019

O limite de enxofre dos combustíveis marítimos vai passar de 3,5% para 0,5% em 2020, tendo o comité para a segurança marítima defendido ser necessário criar linhas orientadoras para implementar esta descida, adiantou a DGRM.

Segundo a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, este foi um dos temas debatidos na 100.ª sessão do Comité para a Segurança Marítima, que decorreu, em Londres.

O comité concluiu que “é necessário criar linhas orientadoras para a implementação do limite do conteúdo de enxofre dos combustíveis marítimos, que baixará dos atuais 3,5% para 0,5% fora das SECAs [Zonas de controlo das emissões de enxofre]”, a partir de 01 de janeiro de 2020.

O objetivo é “assegurar que os riscos associados ao óleo combustível sejam devidamente amenizados e a indústria consiga realizar com segurança a transição para o cumprimento do novo limite”, refere.

Durante o encontro, foram também desenvolvidos os quatro graus de autonomia que os navios podem ter, sendo que, no primeiro grau, existem processos autónomos no navio mas são os tripulantes a bordo que operam e controlam os sistemas e as funções a bordo.

No segundo grau, os navios “têm tripulantes, mas são controlados remotamente a partir de um ponto externo”. Já no terceiro grau, os navios não têm tripulantes e são controlados remotamente a partir do exterior.

No último e quarto grau os navios serão completamente autónomos.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt