ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Kronos Quartet encerram temporada musical do Festival Terras Sem Sombra

Por a 5 de Julho, 2019

O concerto do Kronos Quartet com que o Festival Terras sem Sombra encerra no sábado, dia 6, a sua atual edição está a despertar interesse do público. O espectáculo tem lugar, às 21:30, no Centro das Artes de Sines.

Kronos photographed in San Francisco, CA March 26, 2013©Jay Blakesberg

Sob o título ‘Longe, mas perto: Identidades Musicais Contemporâneas nos EUA’ sendo este o país convidado do Terras sem Sombra em 2019, a iniciativa culmina um ciclo amplamente representativo da vida musical estado-unidense, da época da independência (1776) à actualidade.

“Ao longo de quase meio século de actividade ininterrupta, este quarteto de cordas revolucionou o entendimento da criação contemporânea, dissolvendo as fronteiras entre música erudita e música popular e trazendo a expressão musical, com um impacto pouco vulgar, para o centro do debate político e social”, revela a organização.

O encerramento da edição deste ano do Festival Terras Sem Sombra, em Sines, vai contar com a presença do embaixador dos Estados Unidos da América, George E. Glass, que “tem vindo a dar muita atenção ao potencial económico e social do Alentejo”.

A tarde de sábado será consagrada, às 15:00, a um equipamento pouco conhecido do Alentejo Litoral, o Farol do Cabo de Sines, com destaque para a sua componente arquitetónica e científica e para o sítio em que está implantado. Segue-se a inauguração, às 17:00, da exposição Contra a Abstracção – Obras da Colecção da Caixa Geral de Depósitos,no Centro de Artes de Sines, com curadoria de Sandra Vieira Jürgens.

Domingo pela manhã, a partir das 9:30, o Terras sem Sombra promove uma ação de salvaguarda da biodiversidade centrada nos recursos piscícolas da costa alentejana.

“Com a colaboração de biólogos e engenheiros do ambiente, vai ser possível compreender a complementaridade entre a conservação de espécie selvagens nesta faixa litoral e a aquacultura desenvolvida nas águas do porto de Sines, com recurso a tecnologias de ponta quer permitem revolucionar um setor com vasto potencial”, adiantam os promotores.

As iniciativas do Terras sem Sombra em Sines resultam da parceria com o município de Sines e a Administração dos Portos de Sines e Algarve e são de acesso livre, até à lotação dos recintos onde decorrem.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt