ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Jovem que matou familiares em Vila Nova de Santo André vai continuar em prisão preventiva

Por a 7 de Outubro, 2020

O Tribunal de Setúbal decidiu renovar a prisão preventiva do jovem de 17 anos que matou, em junho deste ano, os tios-avós em Vila Nova de Santo André.


De acordo com a edição de hoje do jornal O Setubalense, o suspeito do duplo homicídio qualificado “não contestou nem requereu a alteração da medida de coação a que está sujeito desde há três meses”.

O crime ocorreu no Bairro das Flores, em Vila Nova de Santo André, na tarde do dia 01 de junho, depois de o suspeito se ter dirigido à casa dos tios-avós para pedir dinheiro, que seria para o consumo de droga, mas perante a recusa, assassinou os familiares à facada, recorda o diário.

O jovem foi encontrado pela GNR em Sines, numa casa onde pernoitava com dois amigos, depois de sofrerem um acidente de viação numa das rotundas da cidade.

“Os três foram inicialmente identificados pela GNR como suspeitos, mas mais tarde, a Polícia Judiciária de Setúbal, que tomou conta da investigação, conseguiu esclarecer os contornos. Através da análise ao cenário do crime, os inspetores concluíram que apenas Lourenço tinha participado”, recorda o jornal.

O jovem assumiu os factos perante o Juiz de Instrução Criminal e foi colocado em prisão preventiva, onde aguarda julgamento.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt