ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Jardim 1.º de Maio em Grândola reabre esta terça-feira após obras de 1,4 milhões de euros

Por a 9 de Junho, 2020

O Jardim 1.º de Maio, na vila de Grândola, reabre hoje ao público depois de concluídas as obras de requalificação no valor de 1,4 milhões de euros, divulgou o município.

“Ao longo dos últimos anos, o jardim, considerado o ex-libris da nossa vila, foi-se degradando por diversas razões e decidimos avançar com uma intervenção de fundo, não só no jardim, como em todo o espaço envolvente”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes.

A obra, no maior espaço verde da vila de Grândola, “teve processos complicados, sobretudo, nos arruamentos à volta do Jardim” e, segundo o autarca, “o projeto sofreu alguns ajustes porque cada intervenção no espaço obrigava a alterações”.

“Foi um processo moroso e com grandes complicações para a circulação rodoviária e para a restauração” na zona envolvente.

Além da requalificação dos espaços verdes e do pavimento do Jardim 1.º de Maio, construído entre 1940 e 1944, a empreitada envolveu ainda a “construção da rede de esgotos pluviais, que não existia” naquele espaço.

Também na via que circunda o Jardim, foram efetuadas alterações, ao nível da circulação rodoviária, “que passou a ser feita apenas num sentido”, foram “alargados os passeios e “remodeladas todas as infraestruturas do espaço envolvente”.

“Mantivemos os mesmos lugares de estacionamento e aproveitámos para remodelar todas as infraestruturas do espaço envolvente, águas, esgotos e eletricidade”, adiantou.

A intervenção, que teve “uma duração de quase dois anos, permitiu ainda remodelar o lago existente no interior do Jardim tendo sido instalado um novo sistema que garante ”uma melhor gestão da rega e de poupança de água” dos espaços verdes.

“Adquirimos um carro elétrico para circular no interior do Jardim e fazer as limpezas de um espaço que a partir de hoje é aberto ao público tornando-se num espaço de fruição por parte da população”, salientou o autarca.

Foi igualmente construído “um pequeno café/pastelaria” e novas casas de banho públicas de apoio aos utilizadores do Jardim 1.º de Maio.

No dia da abertura, cuja cerimónia será transmitida pelo município, através das redes sociais, será desvendada a escultura de homenagem aos corticeiros, uma atividade com muita expressão no concelho de Grândola, que vai ficar exposta no espaço público.

“A escultura com mais de dois metros de altura simboliza um “cocho” de cortiça, que os homens do campo utilizam para beber, construída em pedra mármore, com a inscrição “Bebi contigo”, que vai servir de homenagem aos corticeiros, sendo mais uma intervenção do ponto de vista da arte em espaço público”, concluiu.

A construção do Jardim 1.º de Maio, representa um investimento de 1,4 milhões de euros, comparticipado em 85 por cento por fundos comunitários.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt