ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Investimento de 3 milhões de euros permite construção de nova ETAR na Comporta

Por a 22 de Novembro, 2019

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal anunciou, esta semana, o lançamento da “primeira pedra” para a construção de uma nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) na Comporta, um investimento de 3 milhões de euros, que vai tratar os efluentes urbanos daquela localidade.

De acordo com a autarquia, a assinatura da consignação da empreitada para a construção do sistema intercetor da Comporta realizou-se na terça-feira seguindo-se, dentro de um mês, a consignação da construção da ETAR “à qual ficará ligado o novo intersetor e central elevatória”.

O projeto para a construção da nova ETAR da Comporta, que ficará localizada numa zona de depressão a sul da EN253, junto ao cruzamento com a EN261, está a cargo da empresa Águas Públicas do Alentejo em cooperação com o município de Alcácer do Sal, tendo um prazo de execução de 275 dias.

Além da ETAR, o projeto compreende a construção de um sistema intercetor para conduzir os efluentes gerados até à futura estação de tratamento, que compreende a construção de uma extensão elevatória e pré-tratamento de efluentes, uma conduta elevatória com 1,7 quilómetros de extensão e um coletor gravítico com 83 metros.

A ETAR da Comporta, indicou o município, “vai dispor de tecnologia de ponta”, como o armazenamento de lamas em contentor fechado e encerrado em sala, uma unidade de desodorização “para eliminação de odores” e a produção de água para reutilização como água de serviço.

A infraestrutura tem capacidade para uma população de 2.500 habitantes mas pode expandir até aos 10 mil e foi “concebida para funcionar convenientemente tanto na época baixa, para os cerca de 500 ocupantes da aldeia, como na época alta, no verão,quando o número de habitantes se fixa entre os 1.500 e os dois mil”, explicou o município.

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt