ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

INFODESPORTO: Há 4 Relvados Sintéticos no Concelho de Santiago do Cacém

Por a 10 de Fevereiro, 2021

Nesta 4.ª feira dia 10 de Fevereiro de 2021, dedicamos a edição do INFODESPORTO (Noticiário de informação desportiva regional) da rádio M24 à implementação de relvados sintéticos no concelho de Santiago do Cacém.

Oiça a edição:

Em tempos de pandemia com quase todas as actividades de desporto paradas, aproveitamos para ir ao arquivo e recordar momentos chave.
Há 4 relvados sintéticos no concelho de Santiago do Cacém.

Esforço dos clubes envolvidos, com uma fatia enorme de apoio por parte do município de Santiago do Cacém e de outras entidades como um fundo criado pela própria Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que permitiu, por exemplo a instalação do relvado em Alvalade.

Em Junho de 2015 nasceu oficialmente o primeiro relvado sintético do concelho, numa iniciativa do União Sport Clube de Santiago do cacem.
Na altura, presidido por Vítor Louricho e que viram o projecto aprovado na reunião de câmara do dia 25 de junho.
Foi um dos passos iniciais para que o USC construísse, com outros apoios e no Campo Municipal São Sebastião o relvado sintético da cidade.

foto RMGmedia

 

Já em 2016 depois de um verão a trabalhar na ideia e no projecto, foi no final do ano que o clube recebeu a boa noticia que a Federação Portuguesa de Futebol tinha aprovado o projecto do Futebol Clube Alvaladense.

Foto RMGmedia

No âmbito de uma candidatura vieram cerca de 50 mil euros para impulsionar a transformação do recinto de jogos em Alvalade, que hoje dispõe de um sintético.
Luís Raposo, presidente do FC Alvaladense em declarações, na altura, à rádio M24, recolhidas no dia 5 de dezembro de 2016, confirmou que eram necessários esforços adicionais para alcançar a verba necessária para a obra, que ficaria situada num valor próximo dos 200 mil euros (de resto, é o valor aproximado de cada um dos projectos já implementados).

Foto RMGmedia

Foto FC Alvaladense

Seguiu-se o Estrela de Santo André, num processo idêntico ao do Alvaladense, o clube candidatou o seu projecto aos apoios da FPF, mas sem sucesso.
Conseguiram com muito esforço reunir as condições para executarem a obra, que foi inaugurada no dia 17 de julho de 1017, era José Rosado, presidente da direcção do Estrela de Santo André.

No seu discurso no momento da inauguração, o dirigente frisou o facto de ter sido conseguido implementar no terreno, um sonho, com a dedicação de muitas pessoas e entidades, às quais agradeceu. Destacou também que ficariam a faltar algumas obras, nomeadamente a rede, a consolidação de uma barreira de areia e embelezar o espaço.

No Cercal do Alentejo e tendo em conta a dinâmica da Juventude Cercalense, foi possível juntar muitos parceiros para desenvolver uma obra há muito aguardada. A transformação do Campo da Boa Vontade e a colocação de um relvado sintético.

Foto Juv. Cercalense

O campo é propriedade da Casa do Povo do Cercal, a Câmara Municipal apoiou também o projecto – a semelhança de todos os outros e a obra foi concluída em Março de 2020.
Era para ter sido inaugurada, mas a pandemia tem adiado consecutivamente as intenções do clube que é presidido por João Ludovico, um jovem que em declarações à radio M24 destacou a dificuldade para implementarem o projecto, que foi alcançado com muitos apoios e a entrega incondicional de muitos “amigos” do clube.
Recordou que a Juventude Cercalense tem apostado nas camadas jovens, para ensinar o futebol e que esta obra era imprescindível para assegurar o futuro.

Foto Juv. Cercalense

Foto Juv. Cercalense

 

Investimentos consideráveis, feitos por diversas entidades, entre o município, os clubes , a FPF, outros organismos e com o apoio de muitas empresas e privados, sócios e simpatizantes dos clubes.
O concelho de Santiago do Cacém tem 4 relvados sintéticos.


error: www.radiom24.pt