ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Grupo de Amigos do Património de Santiago do Cacém congratula-se com inauguração da sede da Fundação Caixa Agrícola da Costa Azul

Por a 30 de Julho, 2019

O Grupo de Amigos do Património (GAP) de Santiago do Cacém congratulou-se, em comunicado, com a constituição da Fundação Caixa Agrícola da Costa Azul, que inaugurou a sua sede nos antigos Paços do Concelho, mostrando a sua satisfação por a Câmara de Santiago do Cacém ter revertido a decisão de alienar aquele edifício.

No documento, enviado à rádio M24, o GAP de Santiago do Cacém, sublinhou que a sede representa “um bom exemplo da recuperação e reutilização do património edificado” considerando que a criação da Fundação pode “vir a contribuir para o desenvolvimento social e cultural desta região”.

A nova sede da Fundação Caixa Agrícola da Costa Azul, foi inaugurada na passada quinta-feira, Dia do Município de Santiago do Cacém, após obras de restauro e de conservação de um edifício emblemático que se encontrava devoluto, no centro histórico da cidade, num investimento de cerca de 500 mil euros.

Vemos com agrado o facto da Câmara Municipal de Santiago do Cacém ter revertido a sua decisão inicial de alienar este edifício – Património Municipal – optando por um contrato de comodato, na sequência da posição pública tomada pelo Grupo de Amigos do Património de Santiago do Cacém e que viria a ser apresentada na sessão de Câmara de dia 4 de Agosto de 2016, na qual chegou a estar agendada a Hasta Pública do edifício”, recordam, no comunicado, os elementos que integram o grupo de defesa do património.

Na altura, foi criado o GAP de Santiago do Cacém que entregou uma recomendação à Câmara Municipal mostrando o seu inteiro repudio e opondo-se à intenção de alienação daquele imóvel, património municipal.

Manifestando-se disponível para “continuar a contribuir para a salvaguarda e defesa do Património de Santiago do Cacém”, o grupo considera ter demonstrado que existem “outras formas para a recuperação e reutilização do Património de interesse relevante, que não a simples venda com a consequente perda de bens públicos municipais”. 

O comunicado surge na sequência das declarações proferidas pelo presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, durante a inauguração da nova sede da Fundação Caixa Agrícola da Costa Azul. Em declarações aos jornalistas, à margem da cerimónia, o autarca afirmou que a transformação do imóvel que se encontrava degradado é o exemplo “das boas parcerias”.

“Na altura, a única intenção da maioria das pessoas que criaram ruído em torno desta decisão era apenas politico-partidária e, de alguma forma, penalizar eleitoralmente que tomou esta decisão mas o mais importante é o resultado desta parceria que fez com que este edifício, tão emblemático e carregado de história, ficasse absolutamente recuperado”, referiu.

De acordo com o autarca, “seria impossível para o município de Santiago do Cacém assumir a recuperação do edifício” e, no momento certo, “sentimos que esta era uma decisão acertada e que iria valorizar o edifício e o centro histórico e contribuirá para a dinamização desta área”, concluiu.

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt