ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Greve dos motoristas aumenta afluência aos postos de combustível

Por a 9 de Agosto, 2019

A greve dos motoristas prevista para segunda-feira, dia 12 de agosto, provocou uma autêntica “corrida” aos postos de combustível nos concelhos de Santiago do Cacém e Sines com filas para abastecer as viaturas.

Nestes dois concelhos a procura pelos postos de combustível faz-se sentir desde o meio da semana, com longas filas para abastecer as viaturas “como precaução” para a greve dos motoristas por tempo indeterminado.

Enquanto que no posto da BP, à entrada da cidade de Santiago do Cacém, ainda há combustível para responder à “afluência” de condutores que, nos últimos dias, “têm abastecido” as suas viaturas”, na bomba da Galp, em Vila Nova de Santo André, já não há combustível desde o final do dia de ontem.

“Nesta altura não temos filas porque o combustível acabou ontem [quinta-feira] ao final do dia. Estamos a aguardar que venham reabastecer a bomba e, segundo a informação que nos deram, até à hora de almoço o camião venha encher os tanques”, explicou Paula Maravalhas, funcionária do posto da Galp, em Vila Nova de Santo André.

Em Sines, no posto de combustível da Repsol (na foto), apesar das longas filas que se formam há dias para abastecer os automóveis, “ainda há gasóleo e gasolina para as próximas horas”.

“Desde quarta-feira que temos tido muita afluência e houve clientes que por precaução decidiram abastecer o tanque das suas viaturas. Hoje esperamos outro camião para abastecer os tanques porque as filas são constantes ao longo dos dias”, adiantou Vanessa Cruz, gerente do posto de combustível.

O Governo decretou na quarta-feira serviços mínimos entre 50% e 100% para a greve dos motoristas de mercadorias que se inicia na próxima segunda-feira, dia 12, por tempo indeterminado.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt