ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Grândola comemora 25 de Abril com mais de 30 iniciativas de entrada livre

Por a 31 de Março, 2022

O município de Grândola vai comemorar o 25 de Abril com um programa repleto de iniciativas ao longo do mês de abril, onde não vão faltar concertos, exposições, espetáculos, sessões de cinema e gastronomia.

O programa das comemorações que arranca, esta sexta-feira, com a inauguração, no Jardim 1.º de Maio, da exposição intitulada “O 25 de Abril ao Ar Livre”, produzida pela Casa da Achada – Centro Mário Dionísio”, vai contar com mais de trinta iniciativas de entrada livre, explica, em comunicado, a Câmara de Grândola.

De acordo com o município, que cita um texto da autoria de João Martins Pereira, a exposição “O 25 de Abril ao Ar Livre”, explora as “transformações mais significativas” que a revolução dos cravos “originou” em Portugal.

Os concertos de Dino D’ Santiago (22:30) e Golosa La Orquestra, do Chile (00:30), são as grandes apostas para a “Festa da Liberdade”, na noite de 24 de abril, que este ano, por ser comemorada “na rua”, tem “um sabor especial”, realça a autarquia.

A festa arranca no exterior do Complexo Municipal José Afonso, às 20:15, com a animação do Grupeto do Coreto, a Corrida da Liberdade (20:30), a Arruada da Banda da Sociedade Musical Fraternidade Operária Grândolense (SMFOG), às 22:15, e o espetáculo de fogo- de- artifício piromusical (00:20).

Em Grândola, o 25 de Abril “é todos os anos comemorado com um simbolismo especial na terra que é indissociável da revolução de abril de 1974 e dos seus valores de democracia, fraternidade, igualdade, e que dá nome à canção que é um hino mundial de liberdade e resistência à opressão”, salienta.

O dia da Liberdade arranca às 11:00, nos Paços do Concelho, com a cerimónia do Hastear da Bandeira, seguido da sessão comemorativa dos 48 anos do 25 de Abril estando previsto, durante a tarde, no Jardim 1.º de Maio, a atuação de grupos de música tradicional do concelho.

A Biblioteca e Arquivo de Grândola assinala, no dia 02, o centenário do nascimento de Artur Pastor (1922-1999), com a abertura da exposição de fotografia intitulada “Artur Pastor – Um Certo Portugal” e da exposição de ilustração “As Mulheres de Artur Pastor”, da autoria de Marta Nunes, seguido da atuação do Grupo Cramol.

O programa comemorativo dos 48 anos do 25 de Abril, no Cine Granadeiro, inclui o espetáculo “Era uma vez um país pintado a preto e branco: estórias de abril” (09), a apresentação do projeto multiartístico “Dentro de ti Ó Cidade” com música, dança e poesia, no dia 16 (21:30), e o espetáculo “Cantar Abril – Canta Ary dos Santos”, no dia 22 , a partir das 21:00.

Entre 07 e 28 de abril, o Cineteatro Grandolense volta a receber o ciclo de cinema “Abril Documental” com a exibição dos filmes “Para Sama” (07), “Santiago Itália” (14), “Uma Vida Alemã” (21) e “Mais um Dia de Vida” (28).

Este ano, a iniciativa “Abril Flores Mil” inclui uma mostra gastronómica, com flores comestíveis, nos restaurantes do concelho, entre 23 de abril e 01 de maio, ‘workshop’ de Raku (08) e de pregadeiras (23) e o lançamento de um livro, na Casa Mostra de Produtos Endógenos (30).

Um ‘workshop’ de ervas e plantas, um passeio à descoberta de insetos na Herdade da Ribeira Abaixo, são outras das iniciativas previstas no programa que encerra, no dia 30, com um espetáculo de João Frade Trio, no âmbito do evento ‘Grândola Vila Jazz’.


error: www.radiom24.pt