ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Festival Gastronómico da Lagoa de Santo André aposta na diversidade com sabores da lagoa, do mar e da terra

Por a 28 de Outubro, 2019

Polvo à moda da lagoa, ensopado de enguias, feijoada à alentejana e leitão assado em forno a lenha, são algumas das iguarias que podem ser degustadas no Festival Gastronómico da Lagoa de Santo André que, este ano, aposta na alimentação saudável e num espaço para os mais novos.

A quinta edição do festival, promovido pela Junta de Freguesia de Santo André, pretende promover os sabores da lagoa, do mar e da terra”, dando a conhecer, durante quatro dias, o património gastronómico da costa de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém.

“Este ano, com o objetivo de evoluir, vamos criar o espaço Criança onde as crianças vão poder realizar várias atividades e estarão ocupadas, permitindo que os adultos permaneçam mais tempo no evento”, explicou à rádio M24, o presidente da Junta de Freguesia de Santo André.

Além deste espaço, que ficará localizado à entrada da Tenda Multiusos, a organização decidiu “introduzir este ano o tema da alimentação saudável” com a realização de um workshop, dirigido a cerca de 130 crianças das escolas de Vila Nova de Santo André e ministrado por formandas do curso de cozinha do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

“Apesar destes festivais serem conotados com os petiscos e os prazeres da gastronomia, decidimos orientar este tema da alimentação saudável para as crianças  e vamos realizar um workshop, tendo o IEFP como parceiro, que será dirigido aos alunos do 3.º e 4.º anos do agrupamento de escolas de Santo André, na quinta-feira, 31 de outubro, antes da abertura oficial do certame”, explicou David Gorgulho.

O workshop, que é aberto a toda a população, “vai ter três estações”, dedicadas aos sumos, espetadas de frutas e vegetais, e desafia “os alunos a rodarem entre as estações, receber uma explicação teórica e consciencializar os mais novos para a importância da alimentação saudável e para os riscos de uma alimentação não saudável”, adiantou.

Outra das novidades do festival gastronómico é o showcooking que o chef Chakall, que abriu recentemente um restaurante na lagoa de Santo André, vai orientar no arranque do evento.

Realizado numa tenda multiusos, instalada na costa de Santo André, o festival junta vários estabelecimentos de restauração, num total de 20 pratos confecionados com os produtos da região, petiscos e doces conventuais.

“Este ano temos uma aposta na variedade com pratos como o ensopado de enguias, o pato estufado com batata doce, o leitão assado no forno, os mariscos, as saladas de polvo e ovas, moelas, pataniscas, tábuas de queijo, polvo à moda da lagoa, choco frito, feijoada alentejana, massa de peixe, arroz de mexilhão e propostas que podem ser degustadas ao longo do dia”, destacou.

O evento, que se realiza entre quinta-feira e domingo, vai contar com um total de 10 espetáculos musicais com destaque para “as modas alentejanas”, com as atuações do Marco Campaniça (31), Toi Romão (1) e do Grupo de Cantadores da aldeia Nova de São Bento (2), os tradicionais bailes e a música ligeira.

O festival, conta igualmente com a presença de agro-produtores locais, que durante os quatro dias, expõem “algumas das maravilhas gastronómicas locais”, como os licores, frutas, alcomonias e outras propostas, no exterior da tenda multiusos.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt