ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Emissor de Sines da TDT muda de frequência às 16:30 desta sexta-feira

Por a 7 de Fevereiro, 2020

A alteração da rede de emissores da TDT a nível nacional começa esta sexta-feira com o emissor de Sines, que mudará de frequência por volta das 16:30, com a introdução do 5 G, divulgou a Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM).

No total, nesta primeira fase, que termina a 27 de fevereiro, serão alterados 20 emissores, que incluem todos os do Algarve, alguns do Alentejo e o emissor de Sines do distrito de Setúbal. O processo prosseguirá depois para norte, estando prevista a sua conclusão no final de junho.

De acordo com a ANACOM, a partir das 16:30, quem ficar com o televisor sem imagem terá que o sintonizar para voltar a ver televisão normalmente, como sempre aconteceu até aqui. O emissor de Sines, que agora está no canal 56, hoje passa para o canal 43.

“As pessoas saberão que são abrangidas pela mudança se a sua televisão ficar sem imagem. Quando o écran da televisão ficar negro apenas será necessário fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e todos continuarão a ver televisão gratuitamente, como tem acontecido até agora”, refere.

Em comunicado a ANACOM explica que “não será necessário substituir ou reorientar a antena, trocar a TV ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. No caso dos condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal poderão ter de os substituir”.

“Para ajudar neste processo, a ANACOM criou uma linha telefónica de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre as 9h e as 22h, para o qual as pessoas poderão ligar para esclarecer dúvidas e obter apoio na sintonia da sua televisão.
Caso não consigam fazer a sintonia dos equipamentos, por si ou com a ajuda prestada através do número gratuito 800 102 002, a ANACOM, em última análise, agendará uma visita a casa da pessoa para proceder à sintonia de forma gratuita”.

A ANACOM divulgará a informação relativa às mudanças na TDT através de uma carta e de um folheto que é entregue em casa de todas as pessoas e que resume a informação relevante para se adaptarem a este processo de mudança. Relativamente à alteração da rede de emissores na fase 1 a distribuição foi feita entre 24 e 30 de janeiro, tendo sido distribuídas 304 mil cartas/folhetos.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt