ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Rota Vicentina preocupada com retrocesso no confinamento imposto a Odemira

Por a 17 de Abril, 2021

A Associação Rota Vicentina manifestou-se “seriamente preocupada” com a decisão do Governo de fazer regredir as medidas de confinamento no concelho de Odemira, e exigiu uma reavaliação urgente desta situação
Em comunicado, a associação, coloca-se ao lado do município de Odemira, que já contestou a decisão anunciada pelo primeiro-ministro, António Costa, na quinta-feira, e lembra que o retrocesso no confinamento “penalizará seriamente toda a economia local e atividades várias que têm ficado à margem da evolução da pandemia no concelho, factos facilmente verificáveis pelas autoridades que acompanham a situação”.

“Sendo compreensível que será difícil analisar cada situação caso a caso, o concelho de Odemira requer uma análise particular, nomeadamente por ter uma população permanente que não é considerada residente, o que altera drasticamente os indicadores de referência”, avança.

Por outro lado, acrescenta, “o país tem lutado a nível europeu por uma avaliação que considere as taxas de testagem, e não é justo que o mesmo critério não seja aplicado a nível interno”.

“Odemira procedeu a uma campanha de testagem massiva nas últimas semanas que, sendo essencial ao controle da situação, deve ser devidamente ponderada nos indicadores”, sublinha.

Considerando que “a situação económica e social é de extrema gravidade”, associação Rota Vicentina exige “uma reavaliação urgente desta decisão, com uma verificação rigorosa da real situação pandémica” do concelho de Odemira.


error: www.radiom24.pt