ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Perto de 13 mil utentes do litoral alentejano na nova fase do plano de vacinação

Por a 10 de Fevereiro, 2021

Perto de 13 mil utentes da região do litoral alentejano fazem parte do grupo de pessoas, com mais de 80 anos ou com mais de 50 com várias patologias associadas, a quem vão ser administradas as vacinas contra a covid-19, revelou hoje a presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA).

“Estamos a falar de um universo de 14.900 utentes, sendo que destes temos de fazer o ‘espurgo’ dos utentes que já foram vacinados nas ERPIS (Estruturas Residenciais para Apoio a Idosos] e outras que estão isoladas que já estão a receber a segunda inoculação por todos os concelhos, portanto devemos estar a falar de 13 mil utentes”, disse à rádio M24 Catarina Filipe.

A presidente do conselho de administração da ULSLA, que falava hoje aos jornalistas à margem do arranque da operação de vacinação da população, no concelho de Grândola, considerou ser importante o envio de vacinas para Portugal.

“Aguardemos por elas [vacinas]. Nós e a nível nacional, não é só aqui. Houve algumas unidades que receberam 100 vacinas, nós recebemos um bocadinho mais portanto vamos acreditar que a breve trecho vão chegar as restantes”, afirmou.

Na região do litoral alentejano, “houve uma percentagem muito pequena de pessoas que foram contactadas via sms pela saúde 2424. Optamos pelo contacto telefónico porque estamos a falar de pessoas com mais de 80 anos que não utilizam o telemóvel com a mesma facilidade que nós usamos”.

“Tivemos equipas de assistentes técnicos a contactar os utentes e a perguntar se estariam interessados ou não na vacina e, depois, passada essa fase, tendo dito que sim, foram agendadas, via telefone, a sua presença aqui para facilitar todo o processo”, concluiu.

 


error: www.radiom24.pt