ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Já foram vacinados 345 bombeiros do distrito de Setúbal – federação

Por a 26 de Janeiro, 2021

Um total de 345 bombeiros do distrito de Setúbal já foi vacinado contra a covid-19, incluindo 90 operacionais das corporações do litoral alentejano, confirmou à rádio M24 o presidente da federação.

“Em resultado do aproveitamento de um conjunto de vacinas que estavam sediadas no Hospital de Setúbal, que tinham de ser rapidamente administradas para que não se perdessem, foram vacinados, durante o fim de semana, bombeiros de todo o distrito” de Setúbal, explicou João Ludovico.

O processo de vacinação em articulação com a Federação dos Bombeiros, o conselho de administração do Hospital São Bernardo e a Comissão Distrital de Proteção Civil, permitiu a administração da primeira dose da vacina a quinze elementos de cada corporação de bombeiros do distrito de Setúbal.

“Como estas vacinas têm um prazo de validade conseguiu-se fazer um trabalho conjunto que permitiu a vacinação dos bombeiros do distrito de Setúbal”, adiantou o presidente da federação que se mostrou satisfeito com esta situação apesar das criticas levantadas pela Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP).

Para João Ludovico, “é fundamental tentar criar uma sinergia entre todos e procurar vacinar mais bombeiros até conseguirmos atingir o objetivo de vacinar todos os bombeiros do distrito”.

“O próprio coordenador nacional veio a público dizer que se tratou de um aproveitamento de vacinas e acho muito bem que se aproveitem para os bombeiros que deveriam ter sido vacinados na primeira hora”, adiantou.

O presidente da LBP, Jaime Marta Soares, revelou ter tomado conhecimento que restos de um lote de vacinas destinado a idosos de uma viatura acidentada foram utilizados na vacinação de bombeiros do distrito de Setúbal.

A Liga “não pode aceitar que haja a intenção de criar exceções, nomeadamente com restos, fazendo crer que os bombeiros são portugueses de segunda”, frisou, defendendo a definição de critérios e articulação com as entidades representativas do setor para se encontrarem soluções.

 


error: www.radiom24.pt