ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Feira Agro-pecuária e do cavalo Santiagro deste ano cancelada

Por a 24 de Março, 2020

A Feira Agro-pecuária e do Cavalo Santiagro, prevista decorrer entre 28 e 31 de maio, foi cancelada, devido à pandemia da covid-19, estando a próxima edição prevista para 2021, foi hoje divulgado.

Numa publicação, na rede social facebook, a Câmara Municipal de Santiago do Cacém, entidade organizadora, adianta que a feira “está cancelada”, devido à pandemia da covid-19.

Contactado pela rádio M24 o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, confirmou que “a pouco mais de dois meses”, e com o atual cenário, “não é possível fazer” a edição deste ano da Santiagro.

“Não é possível fazer. Estamos a pouco mais de dois meses e uma organização de eventos desta natureza implica trabalhar com muita antecedência e fortes investimentos e mesmo que o pico do surto seja em abril, como se perspetiva, no final de maio deveremos continuar com um conjunto de restrições e que inviabilizariam a realização da Santiagro”, explicou.

Segundo o autarca, que esteve reunido com os restantes presidentes de câmara do litoral alentejano, foi acordado que “os eventos até ao final de maio seriam cancelados”.

“No início de junho faremos uma nova avaliação mas como temos outros eventos, em junho, julho e agosto, decidimos cancelar [a Santiagro] porque seguramente muitos dos expositores não terão condições para vir e não arriscariam a vir”, acrescentou o autarca recordando que até ao final de maio “todas as iniciativas culturais, recreativas e desportivas da câmara estão suspensas”.

A Santiagro “é a que tem a maior montra mas esperemos que a partir de junho possamos retomar o conjunto de iniciativas e ter condições para as fazer mas é certo, que ainda que o surto esteja em queda, possam não haver espirito de grandes festas e estamos todos focados noutras questões”.

“Admito que se calhar grande parte das iniciativas, entre junho e setembro, poderão não ter condições para se realizar”, concluiu.

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt