ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Escuteiros dão apoio e lançam campanhas para os mais desfavorecidos em Santiago do Cacém

Por a 10 de Maio, 2020

Desde o início da pandemia de covid-19 que os escuteiros do Corpo Nacional de Escutas (CNE) 722 Santiago do Cacém, estão no terreno com a sua Equipa de Apoio de Retaguarda (EAR) do Agrupamento/DPCE a dar apoio a diversas instituições que realizam apoio social  do concelho de Santiago do Cacém.
“Com o início desta pandemia, entendemos que os escuteiros tinham de prestar um serviço de acordo com as suas metodologias.
No agrupamento 722, deu- se início à formação da EAR do Agrupamento/ Departamento de Proteção Civil Escutista, com dirigentes e caminheiros”, refere, em comunicado, o agrupamento.
Em sintonia com a Proteção Civil Municipal e, em parceria com a Paróquia de Santiago do Cacém, os escuteiros têm realizado o “transporte e logística de entrega de bens e distribuição à Conferência Vicentina de Santiago” e iniciou “um apoio a outros movimentos de solidariedade social do concelho”.
“Com o desenrolar do tempo solicitaram o nosso  apoio no Banco Alimentar (delegação de Santo André) para o transporte de alguns produtos agrícolas doados por algumas empresas da zona”, acrescenta .
Com o número cada vez mais crescente de famílias em dificuldade o clã (caminheiros) lançou dois projetos: Uma campanha de apoio aos bebés e crianças na angariação de leites, papas e fraldas, destinado a reforçar os cabazes com alimentos entregues às famílias, e a angariação de embalagens plásticas (ex. spray usados),  para a entrega de desinfetante e álcool gel, reforçando os cabazes às famílias.
“A nossa região está a sofrer bastante com a paragem de algumas empresas e cada dia que passa aparecem mais famílias juntos das entidades e grupos de apoio social”, alerta.

Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt