ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Empresas oferecem raio x móvel ao HLA para melhorar resposta aos utentes

Por a 29 de Abril, 2020

Um conjunto de empresas do complexo industrial, logístico e portuário de Sines adquiriram um raio x móvel para equipar o Hospital do Litoral Alentejano (HLA), em Santiago do Cacém.

 

O equipamento, no valor de 72 mil euros, vai dotar a Unidade de Cuidados Intensivos do HLA de uma ferramenta essencial no diagnóstico e tratamento da população da região, incluindo nos procedimentos vigentes relativos ao combate à covid-19.

“Era um equipamento cuja aquisição há muito tínhamos planeado, mas nesta fase não foi possível e vem facilitar muito o nosso trabalho. [O raio x móvel] tem uma funcionalidade que os que existem na unidade, e que estavam obsoletos, não têm. Este tipo de aparelho é utilizado em todas as situações e, principalmente, nos cuidados intensivos em que há um risco de deslocar o doente para outro lugar”, explicou a diretora-clinica da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA).

De acordo com Alda Pinto, equipamento permite “visualizar em tempo praticamente real a imagem” e disponibilizar, através no sistema de arquivo, para todo o Serviço Nacional de Saúde (SNS). Este equipamento junta-se a uma outra oferta idêntica [raio x móvel], e desta forma conseguimos ter nas nossas áreas covid e não covid todos os exames, sem cruzar equipamentos e circuitos”.

Com este gesto, as empresas pretenderam, igualmente, demonstrar o seu agradecimento pelo empenho, trabalho e generosidade incansáveis de todos os profissionais de saúde neste momento difícil, nomeadamente de quantos trabalham no HLA e na região de Sines.

“Foi-nos identificado pela administração que necessitavam de um equipamento com estas características, tomámos a iniciativa de o adquirir e doá-lo ao hospital. Além de aprofundar o sentimento comunitário e a responsabilidade social das empresas do complexo de Sines esta foi também uma forma de homenagear os profissionais de saúde”, sublinhou José Luis Cacho, presidente da Administração do Porto de Sines, em representação das empresas.

O presidente da Câmara Municipal de Sines congratulou-se pela adesão das empresas locais a esta iniciativa de qualificação do sistema de saúde regional.

Nuno Mascarenhas sublinhou que “as empresas, sobretudo as de maiores dimensões, são essenciais para enfrentar a crise sanitária e económica provocada pela pandemia de covid-19. Com este equipamento, o HLA fica mais bem apetrechado para avaliar e tratar esta e muitas outras doenças”.

“É um exemplo de união de esforços em prol do bem comum. Estamos certos de que as demonstrações de responsabilidade social das empresas de Sines não ficarão por aqui”, frisou.

A entrega do equipamento formalizou-se hoje, dia 29 de abril, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sines, da Autoridade de Saúde de Sines, do presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano e de representantes das empresas doadoras e das forças de segurança e da proteção civil de Sines.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt