ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Centro de rastreio móvel de Sines realiza testes a utentes do litoral alentejano

Por a 1 de Abril, 2020

O centro de rastreio móvel à covid-19, que entrou hoje em funcionamento no concelho de Sines efetuou até às 10:00 da manhã seis testes a utentes do litoral alentejano referenciados do Serviço Nacional de Saúde ou com prescrição médica.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, “até às 10:00 da manhã de hoje já seis pessoas tinham efetuado o teste e a vantagem é que podem ir de carro e fazem o teste” sem sair das suas viaturas.

“Todo o processo demora entre 05 a 07 minutos, entre o início do teste e o seu acondicionamento, o que é muito interessante para a comunidade tendo em conta que esta iniciativa requer alguma rapidez no sentido de se fazer o maior número de testes possível”, sublinhou.

A construção do centro de rastreio móvel “Drive Thru” Covid-19, que resulta de uma parceria entre a Clinica de Diagnósticos de Sines (Clídis) e a Caixa de Crédito Agrícola da Costa Azul, com o apoio da Câmara e da Junta de Freguesia de Sines, “permite fazer testes fora do meio hospitalar, sem contacto com outras pessoas, reduzindo o risco de infeção em cada colheita”.

“Trata-se de uma iniciativa privada que conta com a colaboração do município que vai dar resposta não só aos habitantes do concelho de Sines, como à região do litoral alentejano. É um sistema importante porque é uma forma de acelerar todos os procedimentos de forma a evitar que surjam mais casos de contágio em Sines”, explicou o autarca.

O centro, localizado no Pavilhão da Junta de Freguesia de Sines, junto ao quartel dos bombeiros de Sines, “funciona por marcação, através de um telefonema ou email para a clínica de diagnósticos, que por sua vez contacta os utentes” referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) ou com prescrição médica.

Segundo o município de Sines, para fazer a marcação prévia, os utentes devem contactar a Clídis (269 630 370), de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:30, ou através do mail covidclidis@grupohpa.com e o atendimento ao público faz-se de segunda a sexta-feira, entre as 08:30 e as 16:30.

Considerando tratar-se de uma resposta “mais célere”, à despistagem de casos de covid-19, o autarca refere que há “uma limitação ao número de testes” que podem ser realizados diariamente no centro de rastreio móvel “devido a constrangimentos ao acesso de testes no mercado”.

“Apesar das pessoas fazerem as suas marcações há uma limitação de cerca de 30 testes por dia que, numa 2.ª fase, vai passar a 50 testes diários, dependendo da procura. Há constrangimentos devido ao número de testes disponíveis no mercado, uma vez que há limitações, e a procura tem sido imensa”, salientou.

Os resultados das análises são depois enviados às autoridades de saúde pública, conclui o município.

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt