ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Câmara de Santiago do Cacém retoma atendimento ao público mediante marcação prévia na segunda-feira

Por a 10 de Maio, 2020

A Câmara de Santiago do Cacém vai retomar o atendimento ao público de alguns serviços, a partir de segunda-feira, mediante marcação prévia, avançou hoje à rádio M24, o presidente da autarquia.

 

A partir de segunda-feira “vamos possibilitar o atendimento ao público de alguns serviços por marcação prévia. A câmara não vai estar aberta e embora o princípio seja sempre o tratamento pela via digital ou telefone, há algumas situações relacionadas com a entrega de documentos, na área do licenciamento urbanístico”, explicou o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha.

Nesta fase, o atendimento ao público, será apenas reservado a quem não consiga resolver os seus assuntos, pela via digital ou por telefone.

A reabertura obedecerá a diversas regras de segurança “com o uso obrigatório de máscara” pelos munícipes e funcionários da autarquia.

“É obrigatório o uso de máscara e já estão montados os acrílicos nos respetivos serviços de forma a dar segurança aos trabalhadores e aos munícipes” que recorram aos serviços municipais, acrescentou o autarca.

Quanto aos equipamentos municipais “vão manter-se encerrados” até ao final de maio e, embora nesta fase de desconfinamento, seja permitida a abertura das bibliotecas ao público, o autarca, adianta que está a ser equacionada a hipótese de “os utentes puderem levantar os livros sem usufruírem do espaço”.

Na área operativa, a autarquia, reforçou na última semana algumas equipas nomeadamente na limpeza urbana e nos espaços verdes, nas obras por administração direta, mantendo as pessoas com doenças crónicas e com idade mais avançada em casa.

“Obviamente nestes quase dois meses, conseguimos preparar-nos melhor e hoje os nossos trabalhadores já dispõem de equipamento de proteção individual, porque a câmara investiu muito nessa área e os trabalhadores já têm condições diferentes”.

Para a desinfeção das viaturas municipais, “comprámos também equipamento”, havendo “orientações claras para os trabalhadores cumprirem um conjunto de parâmetros de segurança para evitar o risco de contágio”, sublinhou.

Até hoje o concelho de Santiago do Cacém contabiliza 14 casos associados à covid-19, estando 12 já recuperados e apenas dois ativos, segundo o relatório que o município disponibiliza diariamente na sua página oficial do facebook.

 

 


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt