ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Autarcas de Santiago do Cacém apelam à reabertura da pesca lúdica

Por a 24 de Março, 2021

O presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, apelou hoje ao primeiro-ministro, António Costa, para avaliar a reabertura da pesca lúdica cuja atividade está proibida devido à pandemia de covid-19.

Em ofício enviado esta quarta-feira, o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha e o presidente da Junta de Freguesia  de Santo André, David Gorgulho, apelaram à reabertura da pesca lúdica e, desta forma, juntam-se a um conjunto de entidades e pescadores que têm exigido a reabertura de uma atividade que contribui para o rendimento de muitas famílias.

“Para muitos destes praticantes, e para as suas famílias, a pesca lúdica representa uma importante fonte do rendimento familiar, mas, infelizmente, existem outras famílias, desfavorecidas, para quem a pesca lúdica acaba por ser a sua única forma de subsistência”, lê-se no documento enviado à rádio M24.

No entender dos autarcas, “a reabertura desta atividade lúdica, não prejudicará o controlo da pandemia, uma vez que as medidas de afastamento social já existem, pois, as boas práticas desta atividade prevêem distanciamento entre pescadores (na pesca apeada a distância mínima que deve ser respeitada entre pescadores apeados é de 10 metros, sem a qual há lugar a contraordenação punível com coima)”.

Além de “representar um importante rendimento de muitas famílias, é por si só um desporto que contribui para o fim do isolamento social e psicológico, benéfico para a saúde mental dos pescadores lúdicos, pois poderão regressar a praticar um desporto ao ar livre e em harmonia com a natureza”, concluem.


error: www.radiom24.pt