ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Autarca questiona Governo sobre classificação de Alcácer do Sal em risco elevado

Por a 1 de Novembro, 2020

O presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal alertou para a possibilidade de haver incorreção nos números apresentados pelo Governo que levaram à inclusão do concelho na lista de municípios de “alto risco de contágio” por covid-19.
Em comunicado, o município explica que “logo após a divulgação das medidas adotadas pelo Governo e a classificação de Alcácer do Sal no grupo de 121 concelhos de elevado risco de contágio pela pandemia provocada pela covid-19, Vítor Proença, entrou em contacto com o secretário de Estado, Jorge Seguro Sanches, coordenador regional do Governo para o Alentejo, chamando a atenção para a possibilidade de haver incorreção nos números apresentados pelo Governo”.

O Governo anunciou no sábado que 121 municípios vão ficar abrangidos, a partir de quarta-feira, pelo dever cívico de recolhimento domiciliário, novos horários nos estabelecimentos e teletrabalho obrigatório, salvo “oposição fundamentada” pelo trabalhador, devido à pandemia de covid-19.

Segundo o primeiro-ministro, António Costa, que falava após uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros, em Lisboa, os restaurantes nestes 121 concelhos do continente – uma lista que será revista a cada 15 dias – passam a fechar às 22:30. Os estabelecimentos comerciais terão de fechar, na generalidade, às 22:00.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, nos dados oficiais, o concelho apresentava, nos últimos quinze dias, 27 casos positivos confirmados, ou seja, para os 13 mil habitantes que existem no concelho (e não 10 mil habitantes) corresponderá 0,21 por cento.
“Este valor, como se pode observar, fica abaixo do critério emanado do Centro Europeu para o Controlo e Prevenção das Doenças e do quadro de referência dos 240 casos positivos para cada 100 mil habitantes, verificados nos últimos 15 dias”, salienta.
Esta manhã, o presidente da Câmara de Alcácer do Sal, Vítor Proença, retomou os contactos com o secretário de Estado, Jorge Sanches, que “ainda não apresenta esclarecimentos para o que possa, eventualmente, ter acontecido”, aguardando o autarca por “mais informação do Governo e do Ministério da Saúde”.
No litoral alentejano, os concelhos de Sines e de Alcácer do Sal foram incluídos na lista de zonas de risco de contágio.

De acordo com o Governo, a decisão sobre quais os concelhos que seriam abrangidos pelas novas medidas teve por base três critérios: 240 novos casos por cada 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, a proximidade com um outro concelho que preencha o primeiro critério e a não consideração de surtos em concelhos de baixa densidade.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt