ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

COVID-19: Aumento da incidência preocupa Governo embora taxa de vacinação seja elevada no Alentejo – coordenador

Por a 22 de Junho, 2021

O secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, revelou hoje que o Governo está “a olhar com preocupação” para o aumento da incidência de casos de covid-19, embora a taxa de vacinação no Alentejo seja “das mais elevadas” do país.

“Estamos a olhar com preocupação para algumas questões pontuais de concelhias. Temos tido Odemira que tem tido alguma prevalência, embora os resultados nos últimos dias sejam mais animadores, não estamos nada descansados”, disse aos jornalistas.

O também coordenador regional no combate à covid-19 no Alentejo, adiantou que além de Odemira, na região do Alentejo, existem outros concelhos onde têm sido “identificados alguns focos”.

“A Saúde Pública tem atuado muito rapidamente no sentido de identificar, de rastrear, testar e também na vacinação, cuja taxa é mais elevada do país, estamos a trabalhar no sentido de , logo que haja capacidade de vacinação, vacinar o mais possível”, afirmou.

O responsável falava aos jornalistas em Sines, à margem da inauguração do novo Hospital Privado do Alentejo, um investimento superior a sete milhões de euros, do grupo HPA Saúde.

De acordo com Jorge Seguro Sanches, um dos maiores desafios das autoridades é “a vacinação dos trabalhadores migrantes” em Odemira do noutros municípios “onde hajam trabalhadores que não estão inscritos no Serviço Nacional de Saúde do que por essa razão não podem deixar de ser vacinados”.

“Vamos continuar a trabalhar do a acompanhar o excelente trabalho das nossas equipas, pedindo às pessoas que mantenham todas as cautelas naquilo que tem a ver com a pandemia que não acabou. Nalgumas questões é até mais transmissível, como é o caso da nova variante Delta e o nosso objetivo é vacinar o mais rapidamente possível”, concluiu.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou hoje que perto de três milhões de portugueses, o equivalente a 29% da população, tem a vacinação completa contra a covid-19, tendo sido administradas mais de 720 mil doses na última semana.

Segundo o relatório semanal da vacinação divulgado pela DGS, 2.947.718 pessoas já têm a vacinação completa e 4.688.551 foram vacinadas com a primeira dose, o que equivale a 46% da população.

Nos últimos sete dias, foram administradas 720.121 vacinas contra o vírus SARS-CoV-2, adianta ainda o relatório.

Por regiões, o Alentejo lidera na cobertura vacinal, com 34% da população totalmente vacinada, seguindo-se o Centro e a Madeira (33%), o Norte (31%), os Açores e o Algarve (27%) e Lisboa e Vale do Tejo (24%).

Já no que se refere ao número de doses administradas, o Norte é a primeira região do país, com 2.649.426 vacinas, seguida de perto por Lisboa e Vale do Tejo (2.552.100), ao que se segue o Centro (1.362.741), o Alentejo (401.239), o Algarve (298.448), a Madeira (193.648) e os Açores (172.658).


error: www.radiom24.pt