ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Constituída Comissão de Utentes dos Serviços Públicos de Odemira

Por a 25 de Janeiro, 2022

No concelho de Odemira foi recentemente constituída uma Comissão de Utentes dos Serviços Públicos que se compromete a lutar pela melhoria do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e pela construção das extensões de saúde naquele território, divulgou hoje a coordenadora das comissões de utentes do litoral alentejano.

De acordo com a coordenadora, em comunicado, a comissão recém formada, é composta por Ana Paula Viana, Bernardo Coelho, Claudia Campos, Claudia Monteiro, Fausto Fialho, Joana Martins, Mário Santa Bárbara e Margarida Percheiro.

Além da luta pela melhoria do SNS e construção das Extensões de Saúde em Saboia, São Luís e Vila Nova de Milfontes, médico e enfermeiro de família para todos os utentes, a comissão estabeleceu como prioridades a contratação de médicos, enfermeiros, auxiliares, administrativos, técnicos de diagnóstico e terapêutica, consultas de saúde oral no Centro de Saúde de Odemira.

Defende ainda que a contratação de médicos deve ser com a especialidade de medicina geral e familiar, a transferência da empresa CTT para o setor empresarial do Estado, a reabertura de estações e postos de correios encerrados e a admissão de todos os trabalhadores, das empresas de trabalho temporário, para o quadro da empresa.

O investimento nos transportes públicos rodoviários, com mais carreiras fora do período escolar, a reabertura da linha de comboio de passageiros em Amoreiras-Gare, Luzianes-Gare e Pereiras-Gare, a redução do preço da Energia (Gás – Electricidade) e também do IVA para 6% no consumo doméstico, são outras das prioridades.

A nova comissão de utentes pretende ainda lutar pelo reforço de profissionais no Tribunal de Odemira, pela redução das Taxas de Justiça e do preço das telecomunicações e pelo reforço do sinal de telemóvel em diversas localidades do concelho de Odemira.

Entre as reivindicações está a ainda a contratação de profissionais em número suficiente para as necessidades existentes, bem como a valorização salarial e das carreiras.


error: www.radiom24.pt