ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Clever Leaves exporta de Odemira para os EUA o primeiro lote comercial de flor seca de canábis

Por a 6 de Outubro, 2021

O produtor norte-americano de canabinoides de qualidade farmacêutica, Clever Leaves Holdings Inc, anunciou hoje que exportou o seu primeiro lote comercial de flor seca de canábis a partir das suas instalações, em São Teotónio, Odemira.  

O lote, de 30 quilogramas (kg) de flor seca de canábis, rica em THC, tem como destino a Biopharmaceutical Research Company, empresa farmacêutica licenciada pelo organismo americano competente, a DEA.

A BRC desenvolve ingredientes farmacêuticos ativos (API) compatíveis com a legislação federal dos Estados Unidos, para terapias à base de plantas.

“Este acontecimento não só fortalece a entrada da Clever Leaves nos EUA e solidifica a capacidade da BRC para realizar transações internacionais, como também posiciona as duas organizações nas primeiras empresas a enviar comercialmente flor seca de canábis de Portugal para os EUA”, refere a empresa.

As instalações de cultivo da Clever Leaves em São Teotónio, em aproximadamente 84 hectares de terreno, consistem em cerca de 10.000 metros quadrados de estufas de alta tecnologia, com expansão para aproximadamente 25.000 metros quadrados, quase completos.

A instalação de cultivo recebeu licença do INFARMED I.P., entidade reguladora portuguesa com tutela da indústria farmacêutica em Portugal, para importação, exportação e cultivo de canábis para fins medicinais.

Em Portugal desde 2019, a Clever Leaves tem expandido a sua operação e anunciou em maio a instalação de uma nova unidade de pós–colheita de canábis medicinal de grau farmacêutico no Parque Empresarial da Península de Setúbal. Com esta unidade, onde será feita a secagem, corte e embalamento da flor de canábis da Clever Leaves, a empresa estima criar mais 25 postos de trabalho.


error: www.radiom24.pt