ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Carnaval de Sines arranca no sábado com apresentação oficial dos reis e novo “samba enredo”

Por a 27 de Janeiro, 2020

A apresentação oficial dos reis e do novo “samba enredo” do Carnaval de Sines, no sábado, dá início à folia carnavalesca que , este ano, espera a visita de cerca de 50 mil pessoas.

Com um orçamento a rondar os 180 mil euros, a festa, que tem o apoio da Câmara Municipal de Sines, realiza-se entre 21 e 26 de fevereiro, e vai contar com a participação de cinco escolas de samba, 17 carros alegóricos, 15 grupos alegóricos e oito foliões.

De acordo com Rui Encarnação, presidente da Associação de Carnaval de Sines, a afluência de público “tem aumentado, ano após ano, e por isso estamos à espera da visita de cerca de 50 mil ou até mais pessoas para assistirem aos três dias de desfile”.

“O nosso Carnaval tem a particularidade de ser construído por voluntários e, por essa razão, o tema é livre para não limitar as ideias que os obreiros desta grande festa possam ter. Assim têm total liberdade para criarem e mostrarem aquilo que melhor sabem fazer e de acordo com a sua escolha”, acrescentou.

O evento arranca no sábado (01 de fevereiro), com a apresentação oficial dos reis do Carnaval de Sines, escolhidos pela organização, e a apresentação do novo tema do “samba enredo”, da autoria do grupo Skalabá Tuka em parceria com a associação de carnaval.

“Este ano o tema do novo samba enredo é o ‘Baú da Felicidade’, que irá retratar o sistema financeiro a nível global, com uma sátira à forma como é gerido”, explica Rui Encarnação.

De acordo com a organização, no recinto, onde se realizam os desfiles, vão ser colocados “pontos fixos para colocar as embalagens de plástico” havendo ainda “a possibilidade de introduzir recolha móvel”.

“Queremos reduzir o impacto das embalagens de plástico no recinto e estamos a negociar a possibilidade de introduzir o serviço de recolha móvel, ou seja pessoas com mochilas para recolherem os copos de plástico que vão sendo utilizados tanto na avenida como nos bailes”, disse.

O programa oficial arranca a 21 de fevereiro com o Carnaval dos Pequeninos, na avenida General Humberto Delgado, a partir das 10:00, com o desfile de cerca de 3 mil crianças dos infantários e escolas do concelho de Sines, numa organização da Junta de Freguesia de Sines.

No sábado, pela manhã, os reis do Carnaval de Sines são apresentados à população, numa “cerimónia” que terá lugar junto ao castelo da cidade, com a entrega da chave da cidade, seguido de um desfile para “cumprimentos aos súbditos” pelas ruas do centro histórico.

O Carnaval de Sines mantém os habituais desfiles diurnos e noturnos, entre domingo (23) e terça-feira (25), com a folia aliada à sátira, “religiosa e política”, que os grupos foliões “emprestam” à maior festa do litoral alentejano.

Os festejos que remontam a 1926, vão contar com a participação de duas mil pessoas que, durante os três dias de folia, desfilam na principal avenida da cidade alentejana, que se transforma num sambódromo, em nome da tradição carnavalesca.

“No desfile noturno, o mais antigo do país, que acontece na segunda-feira, já é tradição recebermos mais de 1.500 pessoas mascaradas, oriundas de vários pontos da região, que se juntam aos dois mil participantes, enchendo o recinto de muita cor e alegria, numa festa que dura até de madrugada”, sublinha.

Desfile de Matrafonas, Baile de Máscaras Sénior, Torneio de Futebol Trapalhão e bailes noturnos, fazem ainda parte do programa.

O Carnaval de Sines que é construído por 90 por cento de “gentes da terra”, sai à rua no domingo (24) e terça-feira (26) à tarde (15:30) e, na segunda-feira (25), à noite (21:00).


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt