ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Câmara de Odemira repudia violência e comportamentos que “não respeitem direitos humanos”

Por a 17 de Dezembro, 2021

O presidente da Câmara de Odemira, Hélder Guerreiro, repudiou hoje “toda e qualquer forma de violência e todos os comportamentos que não respeitem os direitos humanos”, face aos acontecimentos que envolvem alegados atos de tortura e agressão de militares da GNR contra cidadãos imigrantes.

Num comunicado, o autarca “lamenta profundamente o sucedido” e apresenta “uma palavra de solidariedade para com os cidadãos imigrantes visados”.

Para Hélder Guerreiro, “as pessoas são o recurso mais valioso de Odemira, um território de inclusão e interculturalidade”.

Demonstrando confiança na Justiça “e nas diferentes instituições responsáveis”, o autarca defende que “o assunto deve ser tratado até às últimas instâncias para apurar a verdade, as devidas responsabilidades e consequências”.

No seu entender, os factos relatados “não refletem a normal atuação da GNR, entidade com a qual os autarcas de Odemira têm sempre mantido uma relação de colaboração e respeito, sendo importante que se mantenha a confiança nas forças de segurança”.

O presidente Hélder Guerreiro lamenta ainda que Odemira “continue a ser notícia pelas piores razões, uma vez que este é um território gerador de boas práticas, de boas gentes, de uma natureza ímpar, uma gastronomia única, capaz de atrair anualmente milhares de visitantes”.


error: www.radiom24.pt