ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca celebrou “25 anos a Semear Leituras”

Por a 28 de Março, 2022

O 25.º aniversário da Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca foi comemorado, este sábado, com a inauguração da exposição “25 anos a Semear Leituras”, que animou as ruas da cidade de Santiago do Cacém com a música e as palavras, num momento de celebração.

O presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, sublinhou que se assinalaram “25 anos da abertura daquele que foi o primeiro grande equipamento cultural do concelho, que permitiu a promoção e a dinamização da cultura,” num trabalho “que a autarquia procurou fazer, também, em conjunto com as associações e em articulação com as escolas”.

A Biblioteca Municipal Manuel José “do Tojal”, em Vila Nova de Santo André, o Auditório Municipal António Chainho, a rede de Museus Municipais, a requalificação do cinema de Alvalade e do Cineteatro de Ermidas-Sado, “compõem, neste momento, uma rede de equipamentos que nos permitem ter uma programação cultural própria, e desenvolvida com diferentes associações e entidades, que enriquece as populações”, acrescentou.

Para o autarca, esta data é “motivo de orgulho para todos nós e, sem dúvida, honra o seu patrono, o escritor Manuel da Fonseca, filho da terra e vulto maior da cultura nacional.”

Por seu lado, a vereadora com o pelouro da Cultura, Sónia Gonçalves, destacou “o trabalho de todos os que há 25 anos tornaram possível a concretização desta biblioteca e o dia da sua inauguração, um momento memorável” e sublinhou também, “a dedicação de todos aqueles que já trabalharam, ou trabalham, neste espaço e que contribuíram, e contribuem, para a sua existência”.

A autarca deixou ainda “uma palavra de agradecimento às diferentes entidades e individualidades que se juntaram para tornar este dia, novamente, numa grande festa.”

Entre as várias dinâmicas que este equipamento promove, Sónia Gonçalves, destacou o “Prémio de Conto Manuel da Fonseca”, que é “um filho desta biblioteca, cujo prestígio é reconhecido nacionalmente”.

“Ter uma biblioteca pública aberta é ter a certeza que há um acesso democrático ao conhecimento”, mas “temos que fazer uma reflexão sobre o que queremos para o futuro destes espaços”, reconheceu.

A exposição “25 anos a Semear Leituras” assinala, pelas ruas da cidade, espaços e etapas da vida das bibliotecas que existiram, e daquela que existe, de quem delas fizeram e fazem parte. A exposição é composta por 35 painéis que assinalam o percurso da biblioteca em Santiago do Cacém e vai estar patente até março de 2023.

Desde a sua abertura ao público, a Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca desenvolve atividades na área da cultura, da educação e do lazer, tendo acolhido inúmeros escritores, artistas, músicos e outras personalidades de renome nacional e internacional, Atualmente conta com cerca de 8.300 leitores, que têm à sua disposição 58.750 documentos.

O seu serviço educativo, importante valência da educação não formal, tem um papel fundamental na promoção da leitura e da compreensão leitora, no desenvolvimento das literacias, na formação ao longo da vida e nas atividades lúdicas, especialmente nas direcionadas às crianças e aos jovens.


error: www.radiom24.pt