ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

Autoridade Marítima Nacional recomenda desligar os motores em caso de avistamento de orcas

Por a 13 de Novembro, 2020

A Autoridade Marítima Nacional alertou hoje os navegantes para os cuidados a ter e o que fazer em caso de interação ou avistamentos de orcas, que têm ocorrido com maior frequência ao largo da costa portuguesa.

Depois dos ataques ocorridos nas últimas semanas, a Autoridade Marítima Nacional emitiu um comunicado com algumas recomendações que devem ser adotadas pelos navegantes em caso de encontro com orcas e, o mais importante, será desligar os motores do barco.
Tudo porque, segundo explica a AMN, “a interação com estes mamíferos ocorre sobretudo devido ao comportamento curioso de orcas juvenis que, atraídas pelas estruturas móveis e ruidosas das embarcações, como o leme e a hélice, podem aproximar-se excessivamente das embarcações e embater nas estruturas móveis, com probabilidade de rutura total ou parcial do leme”.

Assim, em caso de avistamento destes mamíferos, a Autoridade Marítima Nacional e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), recomendam a todos os navegantes que “seja desligado o motor, por forma a inibir a rotação da hélice, e imobilize a porta do leme, desmotivando assim estes mamíferos a interagir com as estruturas móveis das embarcações”.

O último ataque de orcas, em Portugal, aconteceu no início desta semana, ao largo de Sines. O veleiro danificado foi rebocado para o Porto de Recreio de Sines pela Polícia Marítima que também acabou por ser atacada pelo grupo de orcas que tem sido avistado com frequência na zona.


Opinião do Leitor

Deixe um comentario


error: www.radiom24.pt