ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

AFS: Vasco da Gama A.C. de Sines deu por Concluída a Sua Participação no Campeonato de Seniores

Por a 14 de Abril, 2021

O Vasco da Gama Atlético Clube de Sines anunciou hoje (4.ª feira dia 14 de Abril de 2021) que deu por concluída a sua participação no campeonato de futebol da 1.ª divisão da Associação de Setúbal, nesta temporada 2020/21.
Após a associação e os clubes terem decidido que os emblemas que não quisessem continuar a competir não seriam prejudicados na próxima temporada, houve um espaço de tempo onde as direcções dos clubes tiveram de responder por escrito se pretendiam ou não continuar.
Ao que apurámos, 4 clubes não irão continuar: Alfarim, Vasco da Gama de Sines, Águas de Moura e o Alcochetense.
A decisão do clube de Sines foi apresentada através de um comunicado publicado na página do clube, na rede social facebook e que transcrevemos na íntegra:
“COMUNICADO – SÉNIORES
Informamos todos os Sócios, simpatizantes e Comunidade Sineense, que o escalão de Séniores dá por terminada a sua participação no campeonato da 1ª divisão da distrital da Associação de Futebol de Setúbal (AFS), época 2020-2021, onde realizamos um único jogo.
O Clube não desce de divisão (para o campeonato distrital da 2ª divisão da AFS) ao tomar esta decisão, mas também não luta, como sempre, por lugares que tem tido, por mérito próprio, nos últimos anos na tabela classificativa.
Com decisão tão importante a ser tomada, foi de forma DEMOCRÁTICA e UNÂNIME que chegamos a esta conclusão, Dirigentes, Equipa Técnica, Departamento Médico Jogadores: Não vamos participar mais nesta prova em 2020-2021.
As razões são conhecidas e em nada se alteraram desde agosto de 2020. Situação pandémica verificada em Portugal, obriga a que Todos os jogadores, treinadores, dirigentes e fisioterapeutas a fazer testes TRAg e, em caso de resultados positivos, testes PCR e isolamento para todos os envolvidos (qualquer que seja o resultado).
De 1 de Setembro de 2020 a 6 de Dezembro de 2020 o Vasco da Gama passou por 3 quarentenas (42 dias em 96), foram efetuados 80 testes PCR (38+17+24 testes) com 7 casos positivos.
Os nossos jogadores, técnicos e dirigentes são amadores. Não recebem qualquer contribuição monetária no Vasco da Gama Atlético Clube, mas tem responsabilidades profissionais e escolares imprescindíveis para as suas Vidas.
Vidas essas que foram afetadas a nível pessoal e profissional, chegando mesmo a existir um atleta despedido, faltas de comparência a exames de código e condução bem como a audiências de tribunal, atletas e familiares lesados com negócios próprios por conta de isolamentos profiláticos.
O Vasco da Gama teve, tem e terá um grande peso na vida dos Nossos Atletas, sendo que 91% são formados no Clube, e foi sempre sinónimo de evolução como Homens e Atletas bem como motivo de alegria, sucesso e realização pessoal a nível Desportivo…jamais quererá ser motivo de problemas na vida dos nossos jogadores.
Como tal, e desde sempre a Direção do Vasco da Gama AC tem informado e discutido com a Direção da AFS, quais os moldes possíveis para uma competição Sã e de Verdade Desportiva.
Se não foi possível que isso acontecesse de agosto de 2020 a abril de 2021, achamos que não será nos próximos dois meses que a situação altere de tal forma que possamos voltar ás competições sem que haja mais quarentenas.
Temos noção da responsabilidade desta decisão. Mas não podemos colocar a vida profissional e escolar dos nossos jogadores à frente de interesses desportivos amadores.
A Direcção”
____
A rádio M24 já ouviu Sérgio Costa, presidente do VGS a explicar os contornos da decisão do clube. Vamos escutá-lo nas edições do Infodesporto desta 5.ª feira dia 15 de Abril (10h, 12h, 17h e 19 horas).

A acompanhar o texto, o VGS publicou também uma fotografia da estátua de Vasco da Gama que está neste momento a sofrer obras de restauro:


error: www.radiom24.pt