ESTÁ A OUVIR

Titulo

Artista

Background

A Barraca sobe aos palcos do LITORAL EmCena para apresentar ‘Elogio da Loucura’

Por a 15 de Março, 2022

A companhia de teatro A Barraca leva o ‘Elogio da Loucura’, de Erasmo de Roterdão, aos palcos do LITORAL EmCena, com espectáculos em Sines, no dia 17, em Vila Nova de Santo André, no dia 18, e em Santiago do Cacém, no dia 19 deste mês.

“Erasmo, um construtor da Europa”, assim se refere ao autor da obra Hélder Costa, que partilha a encenação do espetáculo com Maria do Céu Guerra.

Num texto sobre o espetáculo, Hélder Costa recorda que “Erasmo era cristão, mas sabia ver as falhas que existiam no fanatismo religioso, na opressão da igreja católica e o seu mundo de corrupção” e “criticava também muitos comportamentos e pensamentos da sociedade, não só do seu tempo, mas de abrangência Universal e atemporal”.

“Ninguém consegue dizer o que é a Loucura. Nem os médicos. Nem os Santos.”, escreve acerca do espetáculo Maria do Céu Guerra, que além de encenadora, também vai subir ao palco enquanto atriz.

“Comer como um abade até rebentar, fornicar como um bispo até morrer, esconder o dinheiro até o perder, a inveja, a ira, a soberba, nada disso é loucura. Ganhar a vida a louvar a santa igreja ou a invocar a lei e fazer tudo o que elas proíbem, é Loucura?”, questiona.

Publicado em 1511, o ‘Elogio da Loucura’, do filósofo humanista e teólogo Erasmo de Roterdão, é considerada uma das obras mais influentes da civilização ocidental e que contribuiu para a reforma protestante ocorrida na Europa, no século XVI.

O ‘Elogio da Loucura’ vai ser levado à cena no auditório do Centro de Artes de Sines (17), no auditório da Escola Secundária Padre António Macedo, em Vila Nova de Santo André (18), e no Auditório Municipal António Chainho (19), em Santiago do Cacém.

Dirigido a maiores de 12 anos, os bilhetes custam 5€ para o público em geral e 3€ para sócios da AJAGATO, maiores de 65 anos e menores de 21.

 


error: www.radiom24.pt